quinta-feira , 21 setembro 2017
Feira SUB de 2017 abre inscrições neste dia 16 de maio: o espaço da produção editorial independente
Sucesso da Feira SUB de 2016 deve ser superado neste ano (Foto Adriano Rosa)

Feira SUB de 2017 abre inscrições neste dia 16 de maio: o espaço da produção editorial independente

Feira SUBMais uma vez Campinas será o território de celebração da arte impressa que circula fora do meio editorial tradicional. Nesta terça-feira, dia 16 de maio, serão abertas as inscrições para a segunda edição da Feira SUB, um espaço para a divulgação e fomento à produção de livros independentes e outras publicações de alto valor artístico. A Feira SUB de 2017 será realizada no dia 16 de setembro, sábado, na Biblioteca Pública Municipal “Professor Ernesto Manoel Zink”, das 11 às 21 horas, e a programação prevê atividades em outras datas e espaços, em razão das novas parcerias que estão sendo estabelecidas neste ano e que sinalizam um sucesso ainda maior do que o verificado na primeira edição.

A Feira SUB é uma iniciativa do The Mix Bazar, de Campinas. As inscrições para a edição de 2017 vão até 23h59 do dia 16 de julho de 2017 e podem ser feitas pelo Facebook, no endereço: https://www.facebook.com/feirasub/ ou através deste link: https://goo.gl/forms/2kURrsag4N6jthqu1. Em seguida haverá o trabalho de curadoria para escolha dos expositores, que serão divulgados até o dia 18 de agosto.

Várias novidades em relação à primeira edição, de 2016, devem repercutir na ampliação do público e divulgação da Feira SUB, ainda que se pretenda manter  número de expositores. No ano passado o evento recebeu mais de 100 inscrições e 55 expositores foram selecionados, originários de Campinas e região e também de cidades como São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Florianópolis e Santos. Para este ano a expectativa é receber um número maior de inscritos.

Coordenadora da Feira SUB e sócia do The Mix Bazar, Marcela Pacola observa que entre as inovações para a segunda edição estão as parcerias com universidades locais, de modo a viabilizar diálogos qualificados sobre a produção independente, arte e design. Outra novidade é que a organização fará o convite a um artista ou coletivo para a confecção do cartaz de divulgação da feira. A segunda edição da Feira SUB também conta com o apoio da Agência Social de Notícias, que divulgará informações atualizadas sobre o evento.

Grande objetivo é divulgar e valorizar a produção independente (Foto Adriano Rosa)

Grande objetivo é divulgar e valorizar a produção independente (Foto Adriano Rosa)

A localização da Feira SUB de 2017 em um endereço da região central de Campinas, a Biblioteca Pública Municipal “Professor Ernesto Manoel Zink”, ao lado do prédio da Prefeitura e do Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC), deve contribuir para democratizar o acesso e ampliar o número de visitantes. São esperadas mais de 2.000 pessoas.

De fato, o mais importante, ressalta Marcela Pacola, é que esse material riquíssimo possa ser acessado por um número maior de pessoas. A feira proporciona o resgate do trabalho autoral, muito interessante, feito com tiragem limitada e muita qualidade artística, como livros, zines, livros de artista, xilogravuras, revistas e fotografias.

Este tipo de material atrai um público que tem sede de novidade e ousadia, características dessa modalidade de produção independente. “Mais uma vez pretendemos reunir artistas e editoras que têm várias linguagens e formatos, trazendo diversidade para a feira e desenhando um panorama relevante para a arte, o design e a literatura contemporânea”, conclui Marcela Pacola.