quinta-feira , 21 setembro 2017

Arquivos de Tag: História da ecologia

Ecofeminismo: uma nova visão da vida e do mundo para o complexo e conturbado século 21

Ecofeminismo: interação constante, na teia holística da vida (Fotos José Pedro Martins)

Por José Pedro Martins O feminismo vem sendo remodelado no século 21 com novas ideias, novas vertentes e abordagens. Pois o ecofeminismo também continua sendo reinventado, sempre como uma das mais ousadas e libertárias propostas para uma nova visão da vida e do mundo na turbulência e complexidade da sociedade contemporânea. Em 1974, na esteira da contestação radical dos valores do ... Leia Mais »

É possível “salvar a Terra nos limites do capitalismo?”: pergunta pós-Estocolmo em 1972

Cantareira secou em 2014: mudanças climáticas e desafios para a gestão (Foto Adriano Rosa)

Por José Pedro Martins É possível “salvar a Terra nos limites do capitalismo?” Esta foi uma das perguntas dos debates que seguiram à publicação do relatório “Os Limites do Crescimento”, do Clube de Roma, e à Conferência de Estocolmo, de 1972. São questões ainda muito atuais no debate ambientalista global, e que vão marcar por exemplo a Conferência de Paris ... Leia Mais »

PNUMA, Ecodesenvolvimento e Sachs: no espírito de Estocolmo

Bens comuns versus privatização, tema em discussão na Conferência Internacional em Estocolmo (Foto José Pedro Martins)

Por José Pedro Martins A Conferência de Estocolmo, de 1972, a primeira das Nações Unidas sobre meio ambiente, representa um marco histórico. E o evento  teve um importante resultado: sob o impulso positivo da Conferência, foi criado no final de 1972, pela Assembleia da ONU, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), e o primeiro diretor-executivo nomeado foi Maurice Strong – ... Leia Mais »

Princípios da Conferência de Estocolmo continuam válidos 43 anos depois

Proteção dos oceanos foi uma das preocupações da Conferência de Estocolmo (Foto Adriano Rosa)

Páginas da história ambiental – VIII [/box] Por José Pedro Martins  A publicação de “Dilemas do Crescimento”, pelo Clube de Roma, e a polêmica que se seguiu forneceram combustível adicional para a realização da Conferência das Nações Unidas sobre o Ambiente Humano, realizada em Estocolmo, Suécia, entre 5 e 16 de junho de 1972. Vários esforços internacionais já vinham sendo feitos, ... Leia Mais »

Década de 1960 da contracultura marca emergência do ecologismo

Manifestação em junho de 2013 no Brasil: sementes lançadas na década de 1960 (Foto Martinho Caires)

Por José Pedro Martins A década de 1960 foi denominada por Herbert Marcuse (1898-1979) como o do momento da “Grande Recusa”. Foi o período em que todos os fundamentos da sociedade industrial ocidental, que tinha se tornado hegemônica pós-Segunda Guerra Mundial, foram colocados em xeque. Dos partidos políticos tradicionais ao machismo igualmente tradicional, do estilo de vida consumista ao militarismo ... Leia Mais »

Pós-guerra marca nascimento de grandes organizações ambientalistas

Assis, na Itália: chamado à paz (Foto José Pedro Martins)

Por José Pedro Martins Os anos que se seguiram à Segunda Guerra Mundial foram de reconstrução, de novo Renascimento. A técnica nunca tinha chegado tão longe, utilizada para produzir em massa a morte nos campos de concentração ou para gerar uma nova arma letal – a bomba atômica, com a qual o planeta entrou na Era Nuclear, com as explosões ... Leia Mais »

Precursores do pensamento ecológico: não faltou aviso

Pensamento ecológico vem sendo tecido há mais de um século (Foto Adriano Rosa)

Por José Pedro Martins Henry David Thoreau é por muitos apontado como um dos grandes precursores do ecologismo moderno. Mas existem outros nomes que são referência como pioneiros na discussão ambiental, que não é portanto nada recente. A crise ecológica global contemporânea ocorre, em grande parte, porque as advertências desses pioneiros não foram ouvidas. São os casos de George Perkins ... Leia Mais »

Parques e defesa das baleias, marcos na ação ambientalista

Proteção dos oceanos foi uma das preocupações da Conferência de Estocolmo (Foto Adriano Rosa)

Por José Pedro Martins Uma das afirmações recorrentes, quando aparece uma crise ambiental como a atual, da água, em São Paulo, é a de que a consciência ecológica é muito recente e, por isso, seria “natural” estarmos em tal situação calamitosa. Na realidade, esse pensamento ajuda a mascarar responsabilidades, na medida em que a consciência ambientalista já tem décadas e, por que não dizer, séculos. Foi ... Leia Mais »