Feira SUB de Campinas abre inscrição para residência artística 2018
Feira SUB em 2017: pilar de grande projeto cultural (Foto Martinho Caires)

Feira SUB de Campinas abre inscrição para residência artística 2018

O Projeto Cultural SUB, que tem como pilar principal a realização da Feira SUB de Arte Impressa e Publicações Independentes, já tem uma grande novidade neste ano. É a Residência SUB 2018, projeto de residência artística com foco em livros de artista, resultado da  parceria entre a Feira SUB e o Coletivo Contracouchê, a ser realizada de março a setembro de 2018 em Campinas (SP). A artista visual Ludmila Porto, integrante do Coletivo, coordenará o projeto da residência, direcionando os encontros com os artistas selecionados. A Feira SUB acontece uma vez por ano, em setembro, na cidade de Campinas. O resultado do trabalho artístico de cada participante será apresentado na edição de 2018 da Feira. Em 2017 a Feira SUB teve a parceria da Agência Social de Notícias.

Para se inscrever o artista deve ser maior de 18 anos e ter, no máximo, 10 anos de experiência na carreira artística. Não é necessário nível superior. A inscrição é aberta para todo e qualquer tipo de artista, sem restrições de linguagem artística. Contudo, é importante ressaltar que o objetivo da residência é a produção de livros de artista e que os participantes deverão cumprir com o proposto.

Poderão se inscrever artistas brasileiros ou estrangeiros (com pelo menos um ano de residência fixa no Brasil), que tenham disponibilidade para participar integralmente das atividades da Residência SUB, durante o período proposto, no Ateliê Casa Mista – espaço que abriga o Contracouchê – localizado no distrito de Barão Geraldo em Campinas – SP. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas até 09 de fevereiro de 2018 e podem ser feitas através deste formulário https://goo.gl/forms/lPRpXiOx273C4ROS2.

Para confirmar a inscrição, os interessados deverão encaminhar um portfólio em pdf com no máximo 15 imagens para o e-mail residenciasub@gmail.com. A Chamada Aberta com todas as informações pode ser encontrada aqui https://goo.gl/kX8s4c.

A seleção será feita em duas fases, sendo a primeira mediante apresentação de portfólio e a segunda com entrevista on-line. As entrevistas dos pré-selecionados serão realizadas nos dias 26 e 27 de fevereiro de 2018 e o resultado final será publicado até dia 05 de março de 2018.A banca de seleção será composta pela artista Ludmila Porto, coordenadora da residência, pela artista convidada Lilian Walker e as idealizadoras e curadoras da Feira SUB, Marcela Pacola e Fabiana Pacola Ius.

Residência SUB é uma das novidades de 2018 (Foto Divulgação)

Residência SUB é uma das novidades de 2018 (Foto Divulgação)

As informações sobre seleção, entrevista e convocados finais serão divulgadas na página da Feira SUB no facebook e através do e-mail dos artistas pré-selecionados e convocados finais. (Facebook: https://www.facebook.com/feirasub || Instagram: @feirasub).

O propósito da residência é promover a formação artística e a produção de bem cultural, oferecendo como proposta principal apresentar, expandir e popularizar linguagens, técnicas e discussões filosóficas envolvidas nos processos de criação artística da produção independente, bem como a divulgação dos trabalhos.

‘Tomando como ponto de partida “O Espaço e suas Configurações”, a proposta é que, através de vivências específicas pela cidade de Campinas os artistas participantes trabalhem suas percepções individuais e coletivas a

respeito desse espaço vivido. As possíveis configurações físicas, temporais e simbólicas presentes em diferentes realidades podem se esbarrar, se cruzar, se confundir, ou se encontrar; sempre ligadas a aspectos da configuração e reconfiguração do espaço dinâmico que compõe tanto a urbanidade, quanto as relações político-sociais humanas’, afirma Ludmila Porto, artista visual do Coletivo Contracouchê que coordenará a residência.

As vivências podem ser visitas a locais da cidade, realização de ações, entre outras propostas que serão decididas coletivamente pelos próprios participantes, a fim de estimular e direcionar o pensamento filosófico da residência. A dinâmica de trabalho será composta, além dessas vivências, por encontros que abordarão as experiências vividas, paralelamente à produção contínua de trabalhos em ateliê.

‘Ao darmos esse passo de firmar essa parceria com o Coletivo Contracouchê e criar pela primeira vez a Residência Artística da SUB, fortalecemos o propósito da SUB de fomento, reflexão e articulação do circuito da cena artística independente contemporânea e levamos aos artistas a possibilidade de atuar como agente ativo do seu próprio trabalho.Para 2018 a ideia é promover um ciclo com várias ações até a realização da Feira SUB de Arte Impressa e Publicações Independentes, que é o pilar deste Projeto Cultural e acontece em setembro, de modo que as ações não fiquem concentradas em apenas um único dia, ou seja, no dia em que a feira é realizada. Esse ciclo será composto por uma residência artística [Residência SUB], exposições de arte, bate-papos, encontros literários, palestras e workshops’, afirma Marcela Pacola, idealizadora e curadora da Feira SUB.

Marcela e Fabiana Pacola, idealizadoras e organizadoras da Feira SUB (Foto Martinho Caires)

Marcela e Fabiana Pacola, idealizadoras e organizadoras da Feira SUB (Foto Martinho Caires)

Sobre

 

Projeto Cultural SUB

A SUB é um projeto cultural de fomento, reflexão e articulação do circuito artístico independente da cena contemporânea. O foco principal é discutir, mostrar, criar espaço para a produção independente na área das artes visuais, assim como de outras áreas que se cruzam, se encontram ou se relacionam com as denominadas visuais e apresentar esses trabalhos para o público.

Através deste projeto, a proposta é promover um ciclo de ações onde o artista atua como agente ativo do seu próprio trabalho e criar oportunidade de reflexão e troca entre artistas e público. Esse ciclo é composto por uma feira de arte impressa e publicações independentes [Feira SUB], uma residência artística [Residência SUB], exposições de arte, bate-papos, encontros literários, palestras e workshops que serão programados ao longo de 2018.

A Feira SUB é o pilar do projeto. É uma Feira anual de Arte Impressa e Publicações Independentes que acontece desde 2016 na cidade de Campinas, SP, com foco na produção artística e literária contemporânea. Apresenta os mais variados formatos de artes visuais e literatura, que inclui livros de artista, zines, ilustrações, gravuras, fotolivros, pôsteres a preços acessíveis. Em seu terceiro ano, vai acontecer em setembro de 2018 e tem como objetivo fortalecer, incentivar e promover a produção independente. A feira é gratuita para público e artistas. A seleção de artistas acontece a partir de uma Convocatória na qual os interessados se inscrevem e encaminham seus portfólios. Qualquer artista, coletivo ou editora independente do Brasil ou do exterior pode se inscrever gratuitamente. É feita uma curadoria pelos organizadores que seleciona cerca de 75 participantes objetivando trazer diversidade e equilíbrio em termos de linguagem artística, conteúdo literário, criatividade e design.

Arte da Residência SUB

Arte da Residência SUB

Ludmila Porto é artista visual e, em sua produção artística, o principal objeto de estudo é o corpo. Seus trabalhos são em maioria tridimensionais, transitando entre os livros de artista, pintura, desenho e performance. É coordenadora e orientadora do Coletivo Contracouchê, grupo com o qual desenvolve residências artísticas e grupos de produção em ateliê para jovens artistas. Em 2014 ganhou o PROAC Editais de Livro de Artista, com o qual desenvolveu a residência artística “Ví na Sé, livros que conversam com a cidade”. É formada pelo Instituto de Artes da UNESP e, durante 2012 e 2013 estudou nos Estados Unidos, onde pode aprofundar suas pesquisas e amadurecer sua produção. Hoje mora em Campinas e desenvolve seus projetos artísticos na região.

Na UNICAMP, atua desde 2016 como pesquisadora independente, filiando-se a instituição como aluna especial dos cursos de pós-graduação, participando de grupos de pesquisa, exposições e projetos fora da instituição ao lado de professores e alunos do curso de Artes Visuais.

Coletivo Contracouchê

O Contracouchê é um coletivo de artistas que busca criar oportunidades para jovens artistas. Iniciou suas atividades em 2014 e, no mesmo ano, foi contemplado com o edital PROAC de Livros de Artista. Com o financiamento, desenvolveu então o projeto QU4TRO PONTOS – uma residência artística para jovens artistas. De formação efêmera, pois mudam os integrantes a cada projeto, o coletivo foca suas atividades no universo do livro de artista, gravura e objetos tridimensionais. Participa de feiras, ministra oficinas, e desenvolve projetos culturais.

QU4TRO PONTOS: http://quatropontos.contracouche.com.br/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>