Capa » Cultura Viva » Campinas volta a ser a “capital nacional” do quadrinho até 28 de fevereiro
Campinas volta a ser a “capital nacional” do quadrinho até 28 de fevereiro
Uma das exposições anteriores de quadrinhos na Biblioteca Municipal, que ajudou a derrubar mitos sobre a África (Foto José Pedro Martins)

Campinas volta a ser a “capital nacional” do quadrinho até 28 de fevereiro

Nesta terça-feira, dia 30 de janeiro, será mais uma vez lembrado o Dia do Quadrinho Nacional. A Biblioteca Municipal de Campinas “Ernesto Manoel Zink” vai comemorar a data em grande estilo, com a realização de nova edição do Dia do Quadrinho Nacional, com várias atividades de amanhã até 28 de fevereiro, com entrada grátis.

O Dia do Quadrinho Nacional é celebrado a 30 de janeiro porque foi nesta data, no ano de 1869, que o artista gráfico Angelo Agostinho publicou “As Aventuras de Nhô Quim ou Impressões de uma Viagem à Corte”, considerada a primeira história em quadrinhos brasileira. Foi publicada na revista “Vida Fluminense”.

Durante um mês, o público poderá conferir, na Biblioteca Municipal de Campinas, atividades especiais como feira de HQs, rodas de conversa, exposições, entre outras que permitem revelar não somente os vários caminhos da arte gráfica contemporânea (caricaturas, charges, quadrinhos, cartuns e ilustrações), mas suas histórias e seus estilos.

Um dos destaques da programação será a revoada de quadrinhos com a distribuição de revistas de HQs em vários espaços públicos da cidade: terminais de ônibus, avenidas, bancos das praças. Quem transitar por esses locais, irá encontrar alguns pacotes com HQs doados por Maria Rita de Almeida (artista plástica), Franco de Rosa (editor e quadrinista) e Gisela Pizzatto (quadrinista).

Esta edição contará, ainda, com a participação de novos parceiros: Garagem Comics, Pergaminho loja 1 e Attack Comic Shop, que estarão destacando os quadrinhos durante o período.

Uma feira de HQs será aberta no dia 3 de fevereiro, na Biblioteca Zink, com vários nomes representativos do segmento, como Laudo Ferreira, Gilmar Machado, Ruis Vargas, Gisela Pizzatto, Bruno Bull, Marcel Bartholo, Dadí, Rafael Marçal, Will, Eric Peleias, Digo Freitas, Aline Zouvi, Marcatti, Mario Cau, Caio Yo, Gustaco NS, Gabriela Pendezza, Chairim Arraes, Diego Augusto e Bruno Borovac.

Na mesma data, a agenda reserva a abertura de duas exposições: “Os Quadrinhos e As Artes Gráficas de Campinas numa Perspectiva Histórica” e “Re-pensando”.

Sob a curadoria de João Antonio Büher,  “Os Quadrinhos e As Artes Gráficas de Campinas numa Perspectiva Histórica” irá traçar um mapa das artes gráficas e dos quadrinhos na cidade. A linha do tempo percorrerá o final do século 19 até os dias atuais. A mostra reúne capas de revistas, gibis, ilustrações de jornais, capas de livros e cartazes, permitindo que os visitantes acompanhem a cronologia das Histórias em Quadrinhos e das artes gráficas na Região Metropolitana de Campinas.

A exposição “Re-pensando”, com curadoria de Débora Garcia e Rafael Ghiraldelli, é composta de perspectivas múltiplas de criação, design e/ou representação de personagens mulheres não estereotipadas tanto autorais como adaptadas de histórias em quadrinhos, filmes, literatura, entre outras linguagens de expressão. O dia será marcado ainda por um bate-papo com os curadores.

Programação

 
Revoada de Quadrinhos: distribuição de revistas de HQs em vários espaços públicos da cidade: terminais de ônibus, avenidas, além das próprias bibliotecas.
Quando: de 30 de janeiro a 28 de fevereiro.
 
 
Feira de HQs 
Quando: 3  de fevereiro, das 11h às 20h.
 
Participações de Laudo Ferreira, Gilmar Machado, Ruis Vargas, Gisela Pizzatto, Bruno Bull, Marcel Bartholo, Dadí, Rafael Marçal, Will, Digo Freitas, Gustavo NS, Aline Zouvi, Mario Cau, Sinnöve Dahlström Hilkner e Eric Peleias.
 
Rodas de conversas durante a Feira de HQs
15h30 – Representatividade feminina nos quadrinhos. Com Débora Garcia e Rafael Ghiraldelli;
16h30 – “Criando uma HQ: Baba Ganush”. Com Caio Yo;
17h30 – “Qual é o seu monstro? A construção do medo em Monstruário”. Com Lucas Oda, Danilo Freitas, Maria Paula Ferraz Dias e Mario Cau. Mediação do jornalista Delfin.
Haverá food trucks no local.
 
Exposições
Os Quadrinhos e As Artes Gráficas de Campinas numa Perspectiva Histórica. Curadoria: João Antonio Büher
Re-pensando . Curadoria: Débora Garcia e Rafael Ghiraldelli
Quando: de 03 a 28 de fevereiro de 2018, de segunda a sexta, das  9h às 17h.
 
Serviço
5ª edição Dia do Quadrinho Nacional 
Onde:  Biblioteca Pública Municipal “Professor Ernesto Manoel Zink”
 (Av. Benjamin Constant, 1633.  Centro.  Campinas)
Quando: 30 de janeiro a 28 de fevereiro
Entrada gratuita

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.