Capa » Comportamento » MACC recebe a exposição ‘Pelo Avesso’ da artista campineira Valéria Scornaienchi
MACC recebe a exposição ‘Pelo Avesso’ da artista campineira Valéria Scornaienchi
O desenho, a instalação, o som, o livro de artista, a intervenção e o processo, na exposição "Pelo Avesso" (Foto Valéria Scornaienchi)

MACC recebe a exposição ‘Pelo Avesso’ da artista campineira Valéria Scornaienchi

O Museu de Arte Contemporânea de Campinas ‘José Pancetti’ (MACC) recebe de 9 de Novembro a 31 de Dezembro a exposição ‘Pelo Avesso’ da artista campineira Valéria Scornaienchi. O projeto foi contemplado pelo FICC – Fundo de Investimentos Culturais de Campinas – 2016 realização 2018, pertencente à Secretaria de Cultura da Prefeitura Municipal de Campinas. O FICC tem como finalidade fomentar a produção artística local. A entrada é gratuita e a abertura da exposição acontece no dia 8 de Novembro, às 19h. O MACC fica na Avenida Benjamin Constant, 1633, Centro, Campinas (SP).

O desenho, a instalação, o som, o livro de artista, a intervenção e o processo fazem parte da exposição ‘Pelo Avesso’, projeto que a artista desenvolve desde 2014 quando passou a fazer desenhos de corvos. O ponto de partida foi uma visão recorrente que teve na adolescência de corvos carregando a sua casa. No mesmo ano que decidiu se aprofundar na pesquisa sobre os corvos, numa viagem à Cosenza (Itália), fez um ensaio fotográfico de uma casa que podia ser vista da janela do hotel que a artista se hospedou e que representava exatamente a casa do imaginário simbólico da artista.

Inversão de lugar, uma tensão,na obra da artista (Foto Valéria Scornaienchi)

Inversão de lugar, uma tensão,na obra da artista (Foto Valéria Scornaienchi)

A exposição traz uma réplica dessa casa feita em madeira sobre corvos de borracha no chão, criando uma inversão de lugar, uma tensão. A montanha de pequenos elementos de alumínio – uma das obras da exposição – retrata a ação dos corvos que carregam no bico pequenos elementos que brilham quando o sol bate. Quando essa ideia vai para o espaço expositivo ganha outra dimensão e cria um ambiente de convivência entre o corvo e os visitantes que passam a ser parte desse lugar. O mesmo acontece com a obra sonora da revoada na parte externa do MACC possibilitando uma intersecção do museu com o prédio da Biblioteca Pública Municipal ‘Ernesto Manoel Zink’, que fica no andar superior.

“A exposição ‘Pelo Avesso’ traz no deslocamento de linguagens um corpo que acolhe a arquitetura e as relações entre dois lugares que fazem parte das discussões do meu trabalho: o museu – seja na intenção de estar nele ou de estar fora dele – e a biblioteca – considerando como representante da literatura. No meio do projeto, o livro ‘O Corvo’ de Edgar Allan Poe atravessou meu caminho, o que me fez dialogar com a literatura não de maneira linear, mas por associações e pensamentos”, conta a artista Valéria Scornaienchi. Uma das obras é o livro de artista ‘eu e ele’ – desenhos, fotografias e colagem digital resultado da relação que a artista criou com o corvo durante anos. “É como se o corvo tivesse tornado um ente familiar”, comenta.

Projeto contempla o ateliê-maquete (Foto Valéria Scornaienchi)

Projeto contempla o ateliê-maquete (Foto Valéria Scornaienchi)

Outro espaço expositivo é o ateliê-maquete concebido como obra mas também como um lugar para diálogo. “Eu crio um elemento móvel que se transforma no ateliê. Nesse espaço penso em estar trabalhando, escrevendo, fazendo reflexões sobre o projeto. Será um lugar de trabalho mas, também, de troca e discussões”, complementa a artista.

Estão programados encontros com a artista em dias e horários definidos, nos quais Valéria convida as pessoas a participarem de seu processo de trabalho que estará em construção durante o período expositivo. Nestes dias a artistas estará presente no seu ateliê-maquete para conversas sobre o desenho, a instalação, o som, o livro de artista, a intervenção e o processo.  Na página da exposição ‘Pelo Avesso’ no Facebook  e Instagram (@peloavessovs) o espectador pode acompanhar as datas e horários desses encontros. Agendamento para grupos pode ser feito pelo e-mail oipeloavesso@gmail.com.

Espectador pode verificar horários dos encontros nas páginas da exposição (Foto Valéria Scornaienchi)

Espectador pode verificar horários dos encontros nas páginas da exposição (Foto Valéria Scornaienchi)

Valéria Scornaienchi é uma artista campineira contemporânea que desenvolve seus projetos no seu próprio ateliê. Sua pesquisa está relacionada com a escrita, o desenho e o espaço. Outras mídias surgem como desdobramento do trabalho para situações expositivas e experimentais. O processo é o trabalho, o trabalho é o processo. Não há distinção. Dialogando o tempo todo com o processo a artista desenvolve seus projetos que incluem desenhos, escrita, projeções, instalações e livros de artista. ­­

Participa de grupos de estudos em artes visuais na Unicamp e grupos de orientação.  É uma das integrantes do Farol81 – grupo de artistas de Campinas.  Atua como arte educadora em formação continuada com professores da rede pública, ministra cursos de artes visuais e acompanhamentos artístico. Participou de Salões de Arte e de várias exposições coletivas e individuais, entre elas, ‘Nunca Mais’ na Galeria de Arte do Instituto de Artes (Gaia) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); ‘Tempo Desmedido’, no Projeto Estante de Livros e Cadernos de Artista do IA da Unicamp;  obra ‘Duas Décadas do Museu Universitário de Arte (MuNa)’ em Uberlândia (MG) e ‘Palavra + Imagem’ no Museu de Arte Murilo Mendes (MAMM) em Juiz de Fora (MG).

Serviço

Exposição:  Pelo Avesso, de Valeria Scornaienchi

Local: MACC- Museu de Arte Contemporânea de Campinas | Avenida Benjamin Constant | 1633 | centro | campinas | sp

Período: de 09 de Novembro a 31 de dezembro de 2018.

Abertura: 08.11 | 19hs

Entrada gratuita

Visitação:  terça à sábado 10h-18h | quinta 10h-21h | domingo e feriados |9h -12h.

Encontros com a Artista:  13.11 (das 14h30 – 16h30), 22.11 (10h – 12h e 14h30 – 16h30), 28.11 (14h30 – 16h30), 30.11 (10h – 12h), 04.12 (10h – 12h e 14h – 16h),12.12 (14h – 16h), 18.12 (10h – 12h e 14h -16h).

Agendamento para grupos: oipeloavesso@gmail.com.

Facebook e Instagram:  @peloavessovs

Site:  vms-art.com

Projeto contemplado pelo FICC – Fundo de Investimentos Culturais de Campinas – 2016 realização 2018, pertencente à Secretaria de Cultura da Prefeitura Municipal de Campinas. O FICC tem como finalidade fomentar a produção artística local.

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>