Capa » Ecodesenvolvimento » Nível dos reservatórios do Cantareira permanece estacionado com as chuvas dos últimos dias
Nível dos reservatórios do Cantareira permanece estacionado com as chuvas dos últimos dias
Nível do Cantareira chega a 2015 muito crítico (Foto Adriano Rosa)

Nível dos reservatórios do Cantareira permanece estacionado com as chuvas dos últimos dias

Os reservatórios do Sistema Cantareira são os únicos que não aumentaram de nível com as chuvas dos últimos dias, entre aqueles que abastecem a Grande São Paulo. O nível do Cantareira, que abastece metade da Grande São Paulo e tem repercussão no abastecimento de água da região de Campinas, permanece estacionado em 6,7% desde a última sexta-feira, 19 de dezembro, significando que pelo menos não prosseguiram as quedas sucessivas dos últimos meses. Os demais sistemas tiveram aumentado o seu volume entre os dias 22 e 23 de dezembro.

O Sistema Guarapiranga, que abastece 5,2 milhões de moradores das zonas sul e sudeste da cidade de São Paulo, teve seus reservatórios aumentando de 35,2% para 36,6%. O Sistema Alto Cotia, responsável por abastecer 410 mil pessoas em Embu, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Cotia e Vargem Grande, aumentou de 29,7% para 30,2%. O Sistema Rio Grande foi o que mais aumentou, de 64,2% para 66,7%. O Rio Grande abastece 1,2 milhão de cidadãos em Diadema, São Bernardo e Santo André.  O Sistema Rio Claro também permaneceu estacionado, em 25,8% – ele abastece 1,5 milhão de moradores em Sapopemba e parte dos municípios de Ribeirão Pires, Mauá e Santo André.

Também houve aumento no nível do Sistema Alto Tietê, que abastece 4,5 milhões de moradores de São Paulo e outras cidades da região metropolitana. O nível cresceu de 10,1% para 10,5%. Entretanto, o Sistema Alto Tietê alcançou esta proporção por que desde o dia 14 de dezembro ele passou a receber mais 39,46 milhões de metros cúbicos originários da represa Ponte Nova, o que elevou em 6,6% o volume útil do sistema, que passou de 4,1% para 10,7%. O nível atual está portanto abaixo do que há uma semana.

 

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida. Já ganhou os prêmios de jornalismo: FEAC (2015), Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2016), ABAG-Ribeirão Preto "José Hamilton Ribeiro" de Jornalismo (2017) e Prêmio INEP de Jornalismo (2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>