Capa » Cidadania » Conselho de Direitos Humanos pede federalização da investigação do assassinato de Toninho
Conselho de Direitos Humanos pede federalização da investigação do assassinato de Toninho

Conselho de Direitos Humanos pede federalização da investigação do assassinato de Toninho

Começa às 19 horas desta quinta-feira, 10 de setembro, no Salão Vermelho da Prefeitura, a sessão especial do Conselho Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de Campinas, que vai reiterar a defesa da federalização da investigação e do julgamento do caso do assassinato do ex-prefeito Antônio da Costa Santos, o Toninho. Há exatamente 14 anos, na noite de 10 de setembro de 2001, o ex-prefeito foi morto na avenida Mackenzie. E hoje, 10 de setembro de 2015, o Diário Oficial da União publicou o decreto com a recondução de Rodrigo Janot à Procuradoria Geral da República. O pedido de federalização do caso será reencaminhado para Janot e para a Organização dos Estados Americanos (OEA).

“Quem matou Toninho prefeito de Campinas?”, pergunta o Conselho Municipal de Direitos Humanos, presidido por Paulo Tavares Mariante. Um dos propósitos da sessão de hoje é o relançamento da campanha pela federalização do caso, um pedido antigo da família de Antônio da Costa Santos.

Além dos membros do Conselho Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de Campinas, participam do evento membros de movimentos sociais, organizações não-governamentais, partidos políticos e cidadãos em geral.

O procurador geral da República, Rodrigo Janot, reconduzido oficialmente ao cargo justamente nesta quinta-feira, 10 de setembro, será um dos destinatários da campanha pela federalização do caso, já negada pelo Ministério da Justiça.  A família de Toninho já denunciou o Estado brasileiro à Organização dos Estados Americanos (OEA) por não querer federalizar o caso.

 

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida. Já ganhou os prêmios de jornalismo: FEAC (2015), Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2016), ABAG-Ribeirão Preto "José Hamilton Ribeiro" de Jornalismo (2017) e Prêmio INEP de Jornalismo (2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>