Capa » Cultura Viva » Documentário “Infinitos Acordes” abre Caipiríadas em Campinas dia 20 de outubro
Documentário “Infinitos Acordes” abre Caipiríadas em Campinas dia 20 de outubro
Júlio Santin, a viola no coração: um dos personagens de Infinitos Acordes (Foto Adriano Rosa)

Documentário “Infinitos Acordes” abre Caipiríadas em Campinas dia 20 de outubro

A viola vai tinir. A exibição do documentário “Infinitos Acordes” abre na terça-feira, 20 de outubro, às 18 horas, a Caipiríadas 2015, iniciativa do Centro de Ciências, Letras e Artes (CCLA). As Caipiríadas integram a programação pelos 114 anos do CCLA, uma das mais importantes instituições culturais de Campinas e uma das mais antigas em atividade no Brasil. Até o dia 24 de outubro, serão várias atividades, como palestras, debates, exibição de filmes e, claro, encerrando com muita viola caipira. Toda a programação é gratuita.

O Projeto Infinitos Acordes documentou em vídeo a obra de oito violeiros com estilos e sotaques distintos, exatamente para espelhar a riqueza multicolorida da música de raiz. Pelos acordes de Levi Ramiro, Julio Santin, Milton Araújo, João Arruda, Zeca Collares, João Paulo Amaral, Paulo Freire, Ricardo Vignini e Zé Helder, é possível trilhar os caminhos da viola caipira em sua essência.

A iniciativa é resultado da parceria entre os jornalistas Josiane Giacomini e Adriano Rosa (editor de fotografia da Agência Social de Notícias), que também assina as fotos e as filmagens, e o editor e videomaker Filipi do Canto. Foram meses de pesquisa, elaboração de roteiro e gravações, resultando em documentário ainda inédito de 45 minutos que resume um dos mais importantes capítulos do cancioneiro popular brasileiro, o da viola caipira. Do documentário foram desmembrados oito videoclipes com trechos das entrevistas e das músicas que os violeiros apresentaram durante os depoimentos.

Programação completa – A exibição de Infinitos Acordes será às 18 horas da terça-feira, dia 20 de outubro. Às 19 horas o jornalista cultural e mestrando em Artes Cênicas no Instituto de Artes da Unicamp, Tiago Gonçalves, fala sobre “Mazzaropi e a comicidade caipira no picadeiro”.

Na quarta-feira, dia 21, às 19h30, o astrônomo Orlando Rodrigues Ferreira, mestre em Ensino de Ciências e Doutorando em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Cruzeiro do Sul, aborda o tema “Astronomia e Ciência na Cultura Caipira e Popular”. Às 20h45, debate sobre a Cultura Caipira.

A programação na quinta-feira, dia 22, começa às 14 horas, com visita de alunos da Faculdade de Ciências Sociais da PUC-Campinas, monitorada pelas bibliotecárias do CCLA. Às 15 horas haverá a apresentação do violeiro João Felipe Gomes Carvalho, acadêmico da Faculdade de Ciências Sociais da PUC-Campinas. Às 15h30, comunicação de pesquisas acadêmicas, por Mariana Calipo (socióloga pela PUC-Campinas) e Fernando Monteiro Camargo (antropólogo pela PUC-Campinas e mestrando em Ciências Sociais da Unifesp). Os mediadores serão Glauco Barsalini (FCS/PUC-Campinas) e Luiz Carlos Ribeiro Borges (CCLA).

Na sexta-feira, dia 23, a programação tem início às 14 horas, com a exibição do documentário “Contando histórias – Caipiras de fato”, do jornalista e fotógrafo Adriano Rosa, editor de fotografia da Agência Social de Notícias.

Às 15 horas, “O universo caipira na Literatura” é o tema de palestra de Luiz Carlos Ribeiro Borges, primeiro-secretário e diretor do Departamento de Literatura do CCLA.  Às 16 horas, Glauco Barsalini fala sobre “Aspectos da cultura caipira como patrimônio”.

As Caipiríadas 2015 terminam em grande estilo no sábado,  às 11 horas, com Música, Violas e Cantonias, com os violeiros João Arruda e Tião Mineiro e a cantora Amanda Gonsales de Araújo, mestranda em Artes pela Unicamp.

A Comissão Organizadora das Caipiríadas é formada por Glauco Barsalini (FCS/PUC-Campinas), Luíz Carlos Ribeiro Borges (CCLA) e Orlando Rodrigues Ferreira (CCLA). O Centro de Ciências, Letras e Artes fica na rua Bernardino de Campos nº 989, Centro, Campinas/SP. Informações: (19) 3231-2567 – www.ccla.org.br – ccla@ccla.org.br

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida. Já ganhou os prêmios de jornalismo: FEAC (2015), Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2016), ABAG-Ribeirão Preto "José Hamilton Ribeiro" de Jornalismo (2017) e Prêmio INEP de Jornalismo (2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>