sexta-feira , 28 abril 2017
O flerte com o perigo nas fortes correntezas do rio Piracicaba
Praticantes de Jet Ski entre os que enfrentam as correntezas do rio Piracicaba cheio, em janeiro de 2016 (Foto Adriano Rosa)

O flerte com o perigo nas fortes correntezas do rio Piracicaba

Com o impacto do El Niño, o rio Piracicaba vive neste início de 2016 um panorama totalmente distinto daquele de janeiro do ano passado, com uma vazão muito superior. Nesta sexta-feira, 15 de janeiro, a vazão atingiu às 14h50 mais de 800 metros cúbicos por segundo, 40 vezes a vazão de um ano atrás. Mas o cenário não está atraindo apenas os moradores de Piracicaba e visitantes, que vão à rua do Porto, ponte do Engenho Central e Mirante apreciar o espetáculo das águas. Mesmo com as fortes correntezas, atletas de várias modalidades estão se arriscando em ousadas manobras. Com ensaio fotográfico de Adriano Rosa, da Agência Social de Notícias.

Atletas da canoagem se preparam para encarar a vazão histórica no rio Piracicaba (Foto Adriano Rosa)

Atletas da canoagem se preparam para encarar a vazão histórica no rio Piracicaba (Foto Adriano Rosa)

É o caso de praticantes da canoagem, que flertam com o perigo pelas ondas do rio. Pilotos de Jet Ski também têm enfrentado o risco, diante da vazão impressionante.

As viagens de barco continuam no rio Piracicaba cheio (Foto Adriano Rosa)

As viagens de barco continuam no rio Piracicaba cheio (Foto Adriano Rosa)

Viagens de barco continuam, igualmente, a fazer parte da paisagem, mesmo com as correntezas que, para muitos, são assustadoras. Piracicabanos e turistas transitam, ainda, pela ponte que dá acesso ao Engenho Central, para contemplar a arriscada coreografia ou, apenas, o volume histórico do rio.

A garça continua soberana no novo cenário do rio Piracicaba (Foto Adriano Rosa)

A garça continua soberana no novo cenário do rio Piracicaba (Foto Adriano Rosa)

Entretanto, o rio prossegue proporcionando, sobretudo, a visão da diversidade da vida aquática. O voo da garça, presente no cotidiano do Piracicaba, assume novas perspectivas, tendo como contraponto o intenso vai e vem das águas.

Vazão do rio Piracicaba tem atingido índices históricos neste início de 2016 (Foto Adriano Rosa)

Vazão do rio Piracicaba tem atingido índices históricos neste início de 2016 (Foto Adriano Rosa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>