Tocha Olímpica chega a Americana e Campinas no dia 20 de julho
Campinas terá seminário internacional e encontro nacional de vítimas do amianto em outubro (Foto Adriano Rosa)

Tocha Olímpica chega a Americana e Campinas no dia 20 de julho

A Tocha Olímpica chega a Americana e Campinas no dia 20 de julho, de acordo com o roteiro divulgado nesta terça-feira, 19 de janeiro, pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. No dia 21 de julho a Tocha estará em Indaiatuba, também na Região Metropolitana de Campinas (RMC). Jovens estarão entre os portadores da Tocha em Campinas e na região.

O roteiro da Tocha Olímpica até os Jogos no Rio de Janeiro começa no dia 21 de abril, quando ela será acesa em Olímpia, na Grécia. Como é tradição secular, a tocha é carregada inicialmente por uma atleta grego, que em seguida a entrega a um atleta do país anfitrião das Olimpíadas do ano em curso, no caso um brasileiro.

A Tocha chegará ao Brasil no dia 3 de maio, quando começa o revezamento pelo país. Ela circulará por 300 cidades brasileiras, sendo conduzida por 12 mil pessoas em 100 dias. Cada pessoa vai transportá-la por cerca de 250 metros.

No estado de São Paulo, o trajeto da Tocha começa por Itararé, no dia 16 de julho. O último município paulista no percurso será Ubatuba, a 27 de julho, quando então a Tocha chegará ao estado do Rio de Janeiro.

No último dia 10 de novembro, foram conhecidos os jovens participantes de Campinas no revezamento da Tocha Olímpica na cidade. Os nomes foram conhecidos durante a final do “Festival das Escolas”, realizada no ginásio do SESI.

Os estudantes escolhidos para transportar a tocha olímpica são: Lays Abreu (EE Professor Djalma Octaviano); Vinícius Franco Garcia da Silva (Colégio Genius); Thamyres Kauane da Silva (EE Professora Lais Bertoni Pereira); Thaynna Caroline Santos Macedo (EE Francisco Barreto Leme); Alice Peres dos Santos Neta (Instituto Educacional Shalom); Carlos Joaquim da Silva Junior (Instituto Educacional Estilo); Lucas Koizimi Matsuda (Sistema Educacional Realidade – SER); Evillyn Efigênia dos Santos Mafra (EE Professora Castinauta de Barros Mello e Albuquerque); Bruna Nathani de Souza Reis (EE José Maria Matosinho).

Das 10 escolas selecionadas para a final, uma não compareceu: a EE Professora Maria de Lourdes Campos Freire Marques. Assim, a vaga no revezamento da tocha, originalmente destinada a um de seus alunos, ficou com a professora Adriana Severino Fachini, da EE Professora Castinauta de Barros Mello e Albuquerque, que carregará a chama olímpica com os estudantes. A escola vencedora da competição, na avaliação dos jurados, foi o Instituto Educacional Shalom, seguido do Sistema Educacional Realidade (SER), em segundo lugar; e do Colégio Genius, em terceiro.

O Festival das Escolas foi promovido pela Coca-Cola FEMSA Brasil. A Coca-Cola Brasil está indicando mais de 500 estudantes, participantes do Festival das Escolas 2015, para o Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016, como condutores da Chama Olímpica. O projeto incentivou a vida ativa para mais de 1.350 escolas e cerca de 700 mil alunos de todo país, com eventos em mais de 30 cidades do território nacional.

Alunos do revezamento e professores, no Festival das Escolas em Campinas  (Foto Gerson Leoni Zanon/Divulgação)

Alunos do revezamento e professores, no Festival das Escolas em Campinas (Foto Gerson Leoni Zanon/Divulgação)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>