Festival Algo Espetacular lota Concha Acústica: Campinas também é rock em tempo de Carnaval
Conca Acústica do Taquaral ficou lotada com o Festival Algo Espetacular (Foto Martinho Caires)

Festival Algo Espetacular lota Concha Acústica: Campinas também é rock em tempo de Carnaval

Três bandas do chamado rock alternativo e um DJ, que tocou sets especiais entre os shows, foram as atrações do Festival Algo Espetacular, no domingo, 31 de janeiro. Em um final de semana marcado por várias opções pré-carnavalescas em Campinas, a Concha Acústica do Taquaral ficou lotada no final da tarde, com um público próximo daquele registrado em grandes momentos de 2015, como o do show de Lenine. Ficou comprovado que há público para vários estilos na cidade de mais de 1 milhão de habitantes e que clama pela diversidade, muitas vezes esquecida.

Público colorido foi atraído pelas bandas do rock alternativo (Foto Martinho Caires)

Público colorido foi atraído pelas bandas do rock alternativo (Foto Martinho Caires)

Participaram do Festival duas bandas campineiras, Oito Mãos e Francisco, El Hombre. Com uma trajetória de dez anos, a Oito Mãos lançou em 2012 o seu primeiro álbum, “Vejo Cores nas Coisas”. Foi intensa a divulgação da obra, mas nos intervalos a banda buscou tempo para criar e produzir o segundo trabalho, o álbum “Aliás”, lançado oficialmente ao público no início de 2013 em CD e Vinil.

Festival foi pura diversão para um público diversificado (Foto Martinho Caires)

Festival foi pura diversão para um público diversificado (Foto Martinho Caires)

Já Francisco, El Hombre, configura um projeto musical nascido com os irmãos Sebastián e Mateo Piracés-Ugarte, que cresceram viajando pelo mundo, acompanhados dos seus instrumentos. A banda caracteriza o seu estilo musical como do gênero Pachanga Folk, uma combinação babélica de sonoridades latino-americanas cantada em espanhol com sotaque brasileiro, português com sotaque latino e inglês “a la” mexicana. Multiculturalismo à Campinas.

Três bandas e um DJ fizeram a festa dos milhares presentes (Foto Martinho Caires)

Três bandas e um DJ fizeram a festa dos milhares presentes (Foto Martinho Caires)

A terceira banda que se apresentou domingo na Concha Acústica do Taquaral foi a Vanguart, representativa do indie folk nacional.  O grupo nasceu em Cuiabá no começo dos anos 2000, sendo composto por Hélio Flanders (voz, violão, trompete e gaita), Reginaldo Lincoln (voz, baixo e bandolim), Fernanda Kostchak (violino), Luiz Lazzarotto (teclado e piano), David Dafré (guitarra) e Douglas Godoy (bateria). O primeiro disco foi gravado em 2007.

No domingo pré-Carnaval, o rock ratificou o potencial da diversidade musical (Foto Martinho Caires)

No domingo pré-Carnaval, o rock ratificou o potencial da diversidade musical (Foto Martinho Caires)

Agora Vanguart está promovendo seu mais novo álbum “Muito Mais que Amor”, que eleva a mistura do rock e folk com letras diretas e otimistas. No repertório, músicas como “Meu Sol”, “Estive”, “Demorou pra Ser” e “Eu Sei Onde Você Está”, além de sucessos dos álbuns anteriores. O projeto “Algo Espetacular” foi realizado pela 3S Projetos por meio do Proac e recebeu o apoio da Secretaria de Cultura de Campinas e o patrocínio da empresa Reckitt Benckiser. Entre os shows, o DJ Xegado tocou sets especiais.

Oito Mãos, Francisco, el Hombre, Vanguart e o DJ Xegado foram a trilha sonora para um domingo de alegria na Concha Acústica(Foto Martinho Caires)

Oito Mãos, Francisco, el Hombre, Vanguart e o DJ Xegado foram a trilha sonora para um domingo de alegria na Concha Acústica(Foto Martinho Caires)

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>