Capa » Cidadania » Campinas lembra 26 anos do ECA com evento sobre Marco Legal da Primeira Infância
Campinas lembra 26 anos do ECA com evento sobre Marco Legal da Primeira Infância
As cores da Educação e da infância, provável eixo de união nacional (Foto Adriano Rosa)

Campinas lembra 26 anos do ECA com evento sobre Marco Legal da Primeira Infância

Na próxima sexta-feira, dia 29 de julho, Campinas lembrará os 26 anos de edição do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) com um evento no Plenário da Câmara Municipal sobre o Marco Legal da Primeira Infância. O evento acontecerá entre 8h30 e 13 horas e as inscrições podem ser feitas no site https://cidadao.campinas.sp.gov.br/ A promoção é da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência e Inclusão Social, em parceria com a Câmara Municipal.

O evento começará com a exibição do filme “O Começo da Vida”, dirigido por Estela Renner e produzido pela Fundação Maria Cecília Souto Vidigal. O documentário percorre os quatro cantos do mundo para mostrar a importância dos primeiros anos de vida na formação de cada pessoa. Lançado no dia 5 de​ maio, o filme passou a ser exibido nos cinemas e na plataforma VideoCamp.

Também haverá a presença, no evento de sexta-feira, do Dr. Pedro Affonso Hartung, do Instituto ALANA, entre outros convidados, para um diálogo sobre o Marco Legal da Primeira Infância.

Em vigor desde o mês de março, o Marco Legal da Primeira Infância é considerado um avanço civilizatório com potencial transformador semelhante ao que o Estatuto da Criança e do Adolescente representou para os direitos da infância e da juventude. O Marco Legal da Primeira Infância prevê a criação de planos, políticas, programas e ações, em benefício de toda a sociedade e em especial das crianças de 0 a 6 anos de idade, que representam um contingente atual de 20 milhões de brasileiros (ver notícia publicada na Agência Social de Notícias, aqui).

De fato, o Estatuto da Criança e do Adolescente é um marco para a infância e juventude, que passaram a ter cidadania após a sua promulgação, em 13 de julho de 1990. O ECA regulamenta o que foi estabelecido no artigo 227 da Constituição Federal: “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.” (os bastidores da história do ECA, com exclusividade na Agência Social de Notícias, aqui)

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida. Já ganhou os prêmios de jornalismo: FEAC (2015), Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2016), ABAG-Ribeirão Preto "José Hamilton Ribeiro" de Jornalismo (2017) e Prêmio INEP de Jornalismo (2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>