sábado , 25 março 2017
A visão estética e política de Celso Palermo na Galeria Virtual ASN a partir do dia 10 de fevereiro
Celso Palermo, o destaque na Galeria Virtual ASN a partir de 10 de fevereiro de 2017

A visão estética e política de Celso Palermo na Galeria Virtual ASN a partir do dia 10 de fevereiro

A visão estética e política do fotógrafo Celso Palermo é o destaque a partir desta sexta-feira, dia 10 de fevereiro, na Galeria Virtual da Agência Social de Notícias. Profissional com produções também no vídeo e na televisão, e com uma perspectiva sempre crítica e instigante, permanentemente preocupado com a experimentação de novas linguagens e novos caminhos na fotografia, Celso Palermo apresenta na Galeria Virtual ASN uma coletânea dos seus dez ensaios mais importantes. Um brinde ao olhar e à inteligência.

De fato, as imagens na Galeria Virtual ASN traçam um caminho pautado por questões estéticas, políticas e de linguagem fotográfica, que serviram de inspiração para o trabalho autoral de Celso Palermo. O analógico e o digital estão representados por seis imagens em preto e branco e quatro coloridas, respectivamente. As analógicas processada em laboratório e depois digitalizadas e as digitais processadas no computador, através de softwares de edição que, segundo o autor, são hoje o seu laborátório pelo qual finaliza seus projetos.

Entre as dez imagens escolhidas estão: a de sua primeira exposição, realizada em 1989, na Galeria do Instituto de Artes da Unicamp, que reflete sobre o tempo na fotografia; a do ensaio Anonimato Urbano, que recebeu o Prêmio Estímulo da Prefeitura Municipal de Campinas em 1992, sobre as transformações urbanas na cidade; a do Ensaio Campinas 220, em comemoração aos 220 anos da Cidade e que estão no acervo do Instituo Cultural Itau; a do ensaio Sitio que participou da exposição 79>09 > 30 anos  > Artes Visuais > Campinas, em 2009, que reuniu obras e os artistas que marcaram e as três últimas décadas da produção artística na cidades.

Celso Palermo é Especialista em Artes Visuais, formado pelo Instituto de Artes da Unicamp em 2009, e graduado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1998). Desde 1986, constrói sua carreira como fotógrafo autoral. Em 1992, recebeu da Prefeitura Municipal de Campinas o “Prêmio Estímulo”, pelo ensaio fotográfico Anonimato Urbano e em 2009 foi convidado a participar da Exposição 79>09, uma retrospectiva dos últimos 30 anos das Artes Visuais em Campinas e Ribeirão Preto.

Celso Palermo foi responsável pelo laboratório fotográfico e laboratorista P&B do Departamento de Multimeios do Instituto de Artes da Unicamp. No Estúdio do Departamento atuou como Diretor de Vídeo, Diretor de Fotografia, Diretor de TV e Editor. Entre seus trabalhos audiovisuais destacam-se: a direção do vídeo “Looping”, um vídeo experimental de um minuto rodado em 1998, selecionado para a II Mostra MIS de Vídeo no Museu da Imagem e do Som em São Paulo; a direção de fotografia dos curtas-metragens “A Vida É Curta” e “O Ator”, em 16 mm, e do vídeo “Os bonecos do Elias dos Bonecos”, selecionado para a III Mostra MIS de Vídeo, do Museu da Imagem e do Som São Paulo, em 1999, e para a mostra de vídeo 22º Tokyo Vídeo Festival, no ano 2000 em Tokyo.

Uma das imagens de Celso Palermo para a Galeria Virtual ASN

Uma das imagens de Celso Palermo para a Galeria Virtual ASN

É professor de fotografia e sua experiência didática foi construída como professor convidado de disciplinas de fotografia do Curso Técnico em Publicidade do Senac de Campinas, de cursos livres de fotografia digital do Espaço Cultural Casa do Lago da Unicamp e de curso de fotografia e vídeo oferecidos pela Escola de Extensão da Unicamp. Atualmente é Professor de Fotografia na Merlin Cursos.

Celso Palermo representou a área de fotografia e audiovisual quando foi eleito para a presidência da Associação dos Amigos do Museu da Imagem e do Som de Campinas – AAMISC, gestão 2002/2004. Também representou a área de Multimeios no Conselho Municipal de Cultura de Campinas, gestões 1994/1996, 1996/1998, 1998/2000 e 2011/2013. Além disso, foi membro do Conselho do Museu da Imagem e do Som de Campinas – MIS, gestões de 1995/1997 e 1997/1999; Vice-Presidente do Fórum Municipal de Cultura de Campinas, de 2012 a 2013 e Coordenador do Núcleo de Fotografia de Campinas, de 1989 a 1991 e de 2009 a 2012.

Entre suas exposições coletivas estão:

2014 – “Cidade Imaginária” – Museu de Arte Contemporânea de Campinas – MACC

2012 – “Exposição Fotográfica Cultura Popular” – Espaço Cultural Casa do Lago da Unicamp –

2009 – “79>09 > 30 anos  > Artes Visuais > Campinas” – Museu de Arte Contemporânea de Campinas

1994 – “Mostra Comtemporânia de Fotografia Campinas e Região” – Itau Galeria São Paulo;

1992 – “Anonimato Urbano”(Prêmio Estímulo) – Museu da Cidade de Campinas;

1991 – “Man and People at the End of the 2nd Millenium” – Opera House de Brno – Tchecoslováquia;

1989 – “Man and People at the End of the 2nd Millenium” – Minigalery of the Agriculture, University Brno – Tchecoslováquia;

1989 – “Coletiva de Fotografia 88” – Galeria do Instituto de Artes – Unicamp.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>