quinta-feira , 22 junho 2017
Mulheres que Cantam e Encantam dia 8 de março no Teatro Castro Mendes
"Nosso objetivo é evidenciar a cultura negra e fazer um evento de oportunidades e trocas. Queremos que todas as etnias se encontrem aqui", diz Ilcéi Mirian sobre a Feira Afro Mix (Foto: Adriano Rosa)

Mulheres que Cantam e Encantam dia 8 de março no Teatro Castro Mendes

Duas mulheres, múltiplas vozes da condição feminina. Na próxima quarta-feira, 8 de março, quando será mais uma vez lembrado o Dia Internacional da Mulher, as cantoras Ilcéi Mirian e Bruna Volpi apresentarão no Teatro Castro Mendes, em Campinas, a partir das 20h30, o show “Mulheres que Cantam e Encantam”, para celebrar a data.

O show vai abordar a figura feminina na música popular em seus múltiplos aspectos. Entre outras, em destaque histórias & canções de Carmem Miranda, Elis Regina, Clara Nunes, Dona Ivone Lara e Rita Lee. Um amplo panorama da riqueza da música brasileira, em diferentes estilos e épocas, pelo protagonismo da mulher. Ilcéi Mirian e Bruna Volpi estarão acompanhadas pelo Quarteto Sonoro, formado por violinista/cavaquinista, baixista, baterista e percussionista.

Bruna Volpi: talento e ecletismo (Foto Divulgação)

Bruna Volpi: talento e ecletismo (Foto Divulgação)

Bruna Volpi começou a cantar profissionalmente aos 14 anos, mas desde os 8 estudava música no Conservatório Carlos Gomes, de Campinas. Também estudou no Conservatório de Tatuí, no curso de Canto Erudito e Canto MPB/Jazz. Seu repertório inclui a diversidade de ritmos na música popular brasileira, do xote ao frevo, do choro ao baião, com o jazz sempre por perto. Fez vários shows temáticos e tem se apresentado em importantes festivais.

Historiadora de formação, Ilcéi Mirian se rendeu à música mas reflete em sua trajetória a preocupação com o contexto, com as raízes da produção musical brasileira. Em 2002 lançou, pela gravadora Camerati (de Campinas), o CD “Samba de batom”, com faixa-título de autoria da dupla de conterrâneos Rinaldo e Ido Luiz,  além de Belchior e José Luiz Pena em “Comentários a respeito de John” e outros compositores como Mauro Diniz, Markinhos Sargento, Prince, Boca, Vagner Boneto, Valdir de Oliveira, Diva, Moreira, Armando Moreli e Nyva. O CD teve produção executiva de Belchior e foi lançado no Tonico’s Boteco.

Depois vieram os shows “Tributo a Adoniran Barbosa”, “Da Senzala à Casa-Grande: A Miscigenação na MPB”, “Cantando a História do Brasil” e “Não Me Leve a Mal, Hoje É Carnaval”, sempre  com acompanhamento pelo grupo Bambas do Samba. Em 2008 “Histórias & canções de Clara Nunes –  Ilcéi Mirian e Bambas de Samba”, no Teatro do Centro de Convivência. Em  2009 recebeu a Velha Guarda da Rosas de Ouro no Tonico’s.  Em 2010 de novo a inspiração em Clara Nunes, com o show “Clara: Mineira, Guerreira”, com direção de Marcos Ferreira, no Sesc Ipiranga, em São Paulo, acompanhada pelo grupo Bambas de Samba. No mesmo ano o segundo CD,  com produção de T. Kaçula, o “Minha identidade”, também lançado no Tonico´s. No Carnaval deste ano foi a homenageada da City Banda, na Praça Arautos da Paz. Ela é uma das idealizadoras da Feira Afro Mix, realizada na Estação Cultura.

Serviço:

” Mulheres Que Cantam e Encantam “, por Ilcéi Mirian e Bruna Volpi, acompanhadas pelo Quarteto Sono

Dia: 08/3 – Quarta-feira

Horário: 20h30

Local: Teatro Castro Mendes

Endereço: Rua Conselheiro Gomide, 62 – Vila Industrial – Campinas/SP

Ingressos Antecipados Até 07/03: R$ 15,00

Ingressos no Dia: R$ 20,00

Meia Entrada para Estudantes,Terceira Idade e Professores da Rede Pública: R$ 10,00

À Venda na Bilheteria do Teatro e no Tonico’s Boteco (19 3236-1664).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>