Capa » Cidadania » Semana Fashion Revolution terá várias atividades gratuitas em Campinas
Semana Fashion Revolution terá várias atividades gratuitas em Campinas
Peça da campanha de Fashion Revolution de 2018 (Crédito Alastair Strong)

Semana Fashion Revolution terá várias atividades gratuitas em Campinas

Campinas recebe mais uma vez, entre os dias 23 e 28 de abril, a Semana Fashion Revolution. Serão várias atividades gratuitas, em diversos espaços, como o SENAC, The Mix Bazar e Santa Costura de Todos os Panos. O tema da Semana neste ano é “5 anos Rana Plaza”, uma referência à tragédia ocorrida no dia 24 de abril de 2013.  Naquela data, mais de 1.000 pessoas morreram e mais de 2.500 ficaram gravemente feridas em função do desabamento do edifício Rana Plaza, em Bangladesh, que abrigava diversas confecções. O evento motivou a criação do movimento global Fashion Revolution, já presente em mais de 90 países.

O desastre fez com que as pessoas olhassem com mais atenção à cadeia de produção da moda, ao modelo ​fast fashion e às pessoas por trás das roupas que vestimos. Foi nesse contexto que o Fashion Revolution nasceu, questionando e discutindo os impactos da indústria na vida das pessoas e lutando por uma transformação no mercado fashion.

Para marcar esses cinco anos, a campanha de 2018 traz o tema: “Cinco anos após Rana Plaza”. Fernanda Simon, coordenadora do movimento no Brasil explica:  “Na Semana Fashion Revolution, convidamos a todos para refletirem sobre a procedência de nossas roupas, questionarem e exigirem ​transparência​. Não podemos mais aceitar que os direitos dos trabalha/dores sejam negados, precisamos olhar para o que é ​prioridade​: quem está por trás.”

Nesses cinco anos de campanhas, os avanços foram notáveis, cita Fernanda Simon:

  • Em 2017, 2,5 milhões de pessoas se envolveram com o movimento e mais de 100 mil pessoas questionaram nas redes sociais #whomademyclothes;
  • 416 marcas responderam à hashtag e compartilharam informações sobre a sua cadeia produtiva. Mais de 150 grandes marcas publicaram onde são feitas suas roupas;
  • Mais de 3.600 profissionais responderam #imadeyourclothes através de postagens;
  • Mais de 1.300 fábricas foram inspecionadas em Bangladesh, desde a tragédia do Rana Plaza;
  • O governo de Bangladesh aumentou em 77% o salário mínimo da área – agora são $68 por mês;
  • Mais de 70 marcas se comprometeram a participar da campanha Detox do Greenpeace, que consiste em eliminar os produtos químicos prejudiciais das cadeias de produção da moda. Juntas, essas marcas representam 15% da produção têxtil global.
Peça da campanha de Fashion Revolution para 2018

Peça da campanha de Fashion Revolution para 2018

Dados do movimento no Brasil:

  • Em 2017, 225 eventos aconteceram em 37 cidades durante a Semana Fashion Revolution;
  • 150 atividades aconteceram em 50 faculdades, com a participação de 31     estudantes embaixadores;
  • O Brasil foi o país com o maior uso da hashtag #fashionrevolution, com 19% das menções mundiais, totalizando 4.884.
  • Em 2018 será elaborada a primeira edição brasileira do Índice de Transparência da Moda, para analisar em que medida 20 grandes marcas estão divulgando publicamente informações de sua cadeia produtiva, em prol de uma maior prestação de contas.

Em Campinas: Em Campinas a iniciativa acontece há 4 anos com uma série de oficinas, palestras e atividades gratuitas. De acordo com Patricia Sant´Anna, da consultoria Tendere – Pesquisas de Tendências e Soluções Criativas e representante local do Fashion Revolution, “a iniciativa de fazer o Fashion Revolution em Campinas começou porque os valores e o alerta dado pelo evento que aconteceu com o Rana Plaza nos sensibilizaram para o que acontece aqui no Brasil, no nosso estado, em nossa cidade em termos de como tratamos e fazemos o processo criativo-produtivo da moda.  Começamos timidamente com uma tarde de palestras, mas o processo de conscientização e a rede foi crescendo com novas visões e abordagens, e tornou-se um espaço de fórum de debates e de conscientização sobre o mundo da moda. Hoje nossa programação, feita por voluntários dedicados e comprometidos com a causa, toma a semana toda, e as atividades são variadas: palestras, oficinas, mostras de filmes e rodas de conversa plantam, em várias regiões da cidade, a sensibilidade sobre como a moda trata seus trabalhadores, como podemos melhorar nosso ambiente de trabalho, de que maneira a moda pode revolucionar o nosso cotidiano”.

Programação Fashion Revolution Week (FRW), Campinas, 2018

Representante local: Patricia Sant’Anna da Tendere

23 de abril – segunda-feira

19h30 – 22h00:  Abertura da Fashion Revolution Week em Campinas-SP

Palestra de Abertura: 5 anos Rana Plaza, Patricia Sant’Anna, representante local do FRW.

Roda de conversa: Trabalhadores da Moda: costureiras, modelistas, piloteiras, cortadores, figurinistas, vendedores etc. uma conversa franca sobre a força trabalhadora da moda.
Participantes: Célia Rodrigues Antonelli Soares (TECOF), Aline Ciolfi (TECOF), Edu Vilas Boas (SENAC Campinas), Anna Kühl (Vid Estúdio Criativo), Rosangela Rubbo (Rubbo Escola de Moda e Manualidades) e Vivian Berto (UNIFESP) – mediação: Justine Armani (SENAC Campinas)

Local: SENAC Campinas, Rua Sacramento, 490 – Centro, Campinas

Inscrições gratuitas no local, a partir das 18h30.

24 de abril – terça-feira

10h00-11h00: Palestra Brechó/Consumo Consciente: Como conservar e fazer a manutenção de sua peça de roupa de segunda mão, com Brígida Cruz (Que Chuchu – Moda Vintage).

Local: Brechó Que Chuchu! Moda Vintage, Rua Francisco Andreo Aledo, 9, Barão Geraldo, Campinas.
Inscrições gratuitas: quechuchu@icloud.com – Vagas limitadas

14h00-18h00 – Oficina de Vestido, Aline Vito (Aline Vito Upcycling)

Local: The Mix Bazar, rua Joaquim Gomes Pinto, 9, Cambuí, Campinas

Inscrições gratuitas: contato@themixbazar.com.br  – Vagas limitadas

14h00-16h00 – Oficina de Ergonomia para Costureiras

Local: Santa Costura de Todos os Panos (SCTP), Rua Doutor Vieira Bueno, 156, Cambuí, Campinas
Inscrições gratuitas: contato@santacosturadetodosospanos.com – Vagas limitadas

25 de abril – quarta-feira

14h30-17h30 – Tarde de palestras: Novos Modelos de Negócios e Novas Formas de Consumo de Moda.

  • Brechós: impacto no consumo mais consciente e autêntico com Stella Vasconcelos – Diga Xs
    • Moda Ética, Vegana e Sustentável: case La Loba primeira empresa do Brasil a receber o selo Vegan Society, certificada pela Peta e finalista do prêmio Ecoera em 2018 com Kaline Demarchi criadora e design da marca
    • Sustentabilidade Sócio-Cultural e a Produção de Moda Independente e Comunitária com Rafaell Cavaglhvery
    • Guarda-roupa Compartilhado, uma nova forma de consumo de moda com Tattiane Marques e Fernanda Junqueira

Local: Oca Urbana Coworking, Av. Doutor Heitor Penteado, 1785, Taquaral, Campinas
Inscrições gratuitas no local, 30 minutos antes do evento – Vagas limitadas

16h00-19h00 Mostra de Filmes Fashion Revolution

Filme RIVER BLUE
Local: FEA, Unicamp, Barão Geraldo
Inscrições gratuitas no local, 30 minutos antes do evento – Vagas limitadas

26 de abril – quinta-feira

10h00-18h00: #EuUsoBrechó com os brechós The MIX Bazar e Que Chuchu! Moda Vintage – convite para visitar um brechó e conhecer novas formas de consumo consciente

Local: The Mix Bazar, rua Joaquim Gomes Pinto, 9, Cambuí, Campinas

Não necessita inscrição.

16h00-19h00 Mostra de Filmes Fashion Revolution

Filme THE TRUE COST
Local: FEA, Unicamp, Barão Geraldo
Inscrições gratuitas no local, 30 minutos antes do evento – Vagas limitadas

14h00-18h00 Oficina #Subversões | do Corte à Imagem, organização Ateliê TransMoras

Local: Goma General Store, Av. Santa Isabel, 518 – Vila Santa Isabel, Campinas – SP, 13084-643
Inscrições gratuitas: transmorascontatos@gmail.com – Vagas limitadas

27 de abril – sexta-feira

10h00-18h00: #EuUsoBrechó com os brechós The MIX Bazar e Que Chuchu! Moda Vintage – convite para visitar um brechó e conhecer novas formas de consumo consciente

Local: The Mix Bazar, rua Joaquim Gomes Pinto, 9, Cambuí, Campinas

Não necessita inscrição.

09h00-12h00h Ação Palestra + Oficina: Mulheres invisíveis? Ressignificar a profissão da costureira + upclycling e processos criativos com Rosangela Rubbo, Vivian Berto e Tatti Marques.

Local: Rubbo Escola de Moda e Manualidades, Avenida José Gabetta, 94, Jardim Okita, Campinas
Inscrições gratuitas: rosangela@bigstaff.com.br – Vagas limitadas

14h00-17h00 – Upcycling como processo narrativo com Aline Barbosa (Vid Estúdio Criativo).

Local: Rubbo Escola de Moda e Manualidades, Avenida José Gabetta, 94, Jardim Okita, Campinas
Inscrições gratuitas: vid.estudiocriativo@gmail.com – Vagas limitadas

28 de abril – sábado

11h00 – Encerramento da Fashion Revolution Week em Campinas-SP

Roda de conversa: O consumo consciente na moda.
Participantes: Patricia Sant’Anna (Tendere), Vicente Perrota (TransMoras) e Thomás Benite (Narooma).

Local: SENAC Campinas, Rua Sacramento, 490 – Centro, Campinas

 

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida. Já ganhou os prêmios de jornalismo: FEAC (2015), Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2016), ABAG-Ribeirão Preto "José Hamilton Ribeiro" de Jornalismo (2017) e Prêmio INEP de Jornalismo (2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>