Capa » Cidadania » Com fotos sobre educação infantil especial, ASN ganha Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo
Com fotos sobre educação infantil especial, ASN ganha Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo
Vencedores do Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo de 2018 (Foto ASN)

Com fotos sobre educação infantil especial, ASN ganha Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo

Com as fotos da reportagem “Dona Carminha: Exemplo de Inclusão na Educação Infantil de Campinas”, o editor de fotografia Martinho Caires, da Agência Social de Notícias, foi o vencedor na categoria Fotojornalismo do Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo de 2018. Em sua 21ª edição, o Prêmio teve 49 trabalhos inscritos. A cerimônia de premiação aconteceu no dia 13 de dezembro, para convidados, na sede da FEAC.

Martinho Caires disse ter ficado muito feliz com a premiação. Ele reiterou que o Prêmio é um sinal de que a “nova mídia”, no caso os sites na internet, está assumindo papel cada vez mais relevante ao lado das mídias tradicionais. “Tudo indica que a Agência Social de Notícias está no caminho certo”, comemora Caires.

Martinho Caires, vencedor do Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo de 2018, categoria Fotojornalismo (Foto ASN)

Martinho Caires, vencedor do Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo de 2018, categoria Fotojornalismo (Foto ASN)

A reportagem “Dona Carminha: Exemplo de Inclusão na Educação Infantil de Campinas” (aqui) teve texto assinado por Marta Avancini e foi publicada no dia 25 de outubro. A reportagem mostra como o Instituto Educacional Dona Carminha promoveu uma ampla reformatação, até se tornar uma instituição que oferece serviços de creche e pré-escola, atendendo cerca de 480 crianças em período integral. A instituição passou da condição de uma entidade exclusiva de surdos para o atendimento de toda e qualquer criança.

Os vencedores de 2018 foram: Jornalismo On Line – Janete Trevisani – Correio Popular; Fotojornalismo – Martinho Caires – Agência Social de Notícias; Rádio – Stephanie Haidar, Rádio CBN Campinas; Mídia Impressa – Tote Nunes – Metro Campinas; e Televisão – Fernanda Zanetti – EPTV Campinas.

Este é o segundo Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo ganho pela Agência Social de Notícias. O primeiro foi em 2015, com Adriano Rosa sendo vencedor também na categoria Fotojornalismo, com reportagem assinada por Adriana Menezes, sobre o Projeto ReCriando Vínculos, do SOS Ação Mulher e Família.

Martinho Caires – Martinho Caires é fotógrafo, produtor cultural e professor de fotografia, com aulas em instituições como Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC), Oficinas Culturais Hilda Hilst, Faculdades Metrocamp e MIS. Já trabalhou em fotojornalismo na “Veja” e “Correio Popular” e é editor de fotografia da Agência Social de Notícias.

O fotógrafo foi contemplado no FICC (Fundo de Investimentos Culturais de Campinas) em 2013 e 2014 e venceu o concurso “Fotografe Campinas” e “Painel Fotográfico Hércules Florence”. É coautor do livro“República de Campinas – Cenas da memória afetiva e política da cidade” em parceria com o jornalista José Pedro Martins. Fez mais de 70 exposições individuais e coletivas, em diversas cidades.

Entre outras exposições, participou da Coletiva de Fotografias da FUNARTE/IBAC. Esta Coletiva, realizada na forma de edital, esteve na Galeria FUNART, no Rio de Janeiro, e depois viajou por vários estados. Também participou das coletivas “Unicamp 40 anos”, no Espaço CPFL; “Mostra Contemporânea de Fotografia”, na Itaugaleria, em São Paulo; da “Mostra Contemporânea de fotografia”, na Itaugaleria, em Brasília; e na Coletiva de Fotografias no Espaço UFF de Fotografia, de Niterói (RJ).

No dia 1 de outubro de 2016 Caires tomou posse na cadeira número 7 da Academia Campineira de Letras e Artes (ACLA). É a cadeira que tem como patrono o escultor Lelio Coluccini, artista com um papel histórico na cultura de Campinas.

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida.