Capa » Centros Urbanos » Cortes no SESI e SENAI podem levar a demissões em massa (Sistema S e o Brasil – IV)
Cortes no SESI e SENAI podem levar a demissões em massa (Sistema S e o Brasil – IV)

Cortes no SESI e SENAI podem levar a demissões em massa (Sistema S e o Brasil – IV)

Por José Pedro S.Martins

Os possíveis cortes nos recursos do Sistema S, sinalizados pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, provocariam demissões em massa. O corte de 30% – mínimo percentual acenado por Guedes – levaria à demissão de 18,4 mil trabalhadores somente no Serviço Social da Indústria (SESI) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), de acordo com estudo formulado pelas duas organizações.

Segundo o documento  unidades do SESI e SENAI poderiam ser fechadas em algumas localidades, se confirmado na prática o anúncio do todo-poderoso ministro da Economia do governo Jair Bolsonaro, que toma posse no dia 1o de Janeiro.

Um dos serviços essenciais prestados pelo SESI e SENAI, que seriam atingidos pelos cortes no orçamento do Sistema S, seria aquele prestado na área da saúde. Um corte de 30% representaria a redução de 770 mil consultas, 2, 5 milhões de exames ocupacionais e 1 milhão de vacinas aplicadas.

 

(Quarta de uma série de reportagens sobre a contribuição do Sistema S para o Brasil, na cultura, na educação, na cidadania, na sustentabilidade).

 

 

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida.

Um comentário

  1. Esmeraldo Cabreira

    QUE SE DANEM!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.