Capa » Centros Urbanos » A valorização dos artistas locais pelo Sesc Campinas (Sistema S e o Brasil – VI)
A valorização dos artistas locais pelo Sesc Campinas (Sistema S e o Brasil – VI)
O mural produzido por artistas campineiros sobre grandes nomes da cultura local (Foto Divulgação)

A valorização dos artistas locais pelo Sesc Campinas (Sistema S e o Brasil – VI)

Por José Pedro S.Martins

Sinhá Rosária, Rubem Alves, TC Silva e Hilda Hilst. Estes grandes nomes das artes de Campinas, representando a diversidade de matrizes culturais e de ideias na história local, receberam em 2017 uma grande homenagem em mural realizado por oito importantes caricaturistas e mestres do desenho. Um emocionante tributo, em tempos em que a arte urbana ou de rua está no centro de uma polêmica mundial, provocada pela lamentável política do prefeito de São Paulo, João Doria, contra o grafite. O mural permaneceu vários dias na unidade do Sesc Campinas, que tem procurado abrir espaços para os artistas locais e regionais e suas múltiplas linguagens.

Hilda Hilst, na caricatura de Fabiano Carriero

Hilda Hilst, na caricatura de Fabiano Carriero

O mural coletivo foi resultado do projeto “Meu Nariz (não) é assim” do Sesc Campinas, implementado em sua programação de janeiro e fevereiro de 2017. Com a curadoria dos artistas visuais Fabiano Carriero e Sérgio Campelo, o projeto procurou colocar lado a lado a prática e a teoria de retratos e da caricatura.

Sinhá Rosária, na caricatura de Paulo Branco

Sinhá Rosária, na caricatura de Paulo Branco

Foram várias atividades envolvidas, como a Mostra de Retratos e Caricaturas, com curadoria de Fabiano Carriero (Caricatura) e Sérgio Campelo (Retratos); a ação Meu Retrato, Minha Caricatura, com fabiano Carriero e Paulo Branco fazendo caricatura e retrato ao mesmo tempo: e Retrato e Caricatura de Modelo Vivo, com sessões de demostração de diferentes técnicas com nomes importantes da caricaturas (Bira Dantas, Robinson José e Paulo Branco) e no retrato (Maurício Takiguthi, Ernesto Bonato e Paulo Frade).

Rubem Alves, na caricatura de Renato Stegun

Rubem Alves, na caricatura de Renato Stegun

Ocorreram também dois bate-papos, com os temas: O Retrato e A Sociedade nas Artes e na Sociedade, com o caricaturista Bira Dantas e o Artista e pesquisador Filipe Masiero. Também aconteceram os cursos Caricatura – Intensificando o Sujeito, com o artista visual e professor Fabiano Carriero, e Introdução ao Desenho e Pintura de Retrato, com o artista e professor Sérgio Campelo. Juntos, os dois artistas ainda ministraram o curso de Retrato e Caricatura para Crianças.

TC Silva, no retrato de Sérgio Campelo

TC Silva, no retrato de Sérgio Campelo

De forma paralela a todas essas atividades foi criado um imenso painel no muro externo do Sesc.  Em cada final de semana, a partir de 7 de janeiro,  uma dupla de caricaturista e retratista pintava uma personalidade da cultura campineira, com uma caricatura e um retrato lado a lado. Todos os artistas, com exceção de Junior Lopes, eram campineiros. Artistas de Campinas prestando homenagem a ilustres campineiros.

Música e teatro local e regional – A música e o teatro local e regional também encontram no Sesc Campinas seu território de expressão. Em agosto de 2016, a premiada Damião e Cia. de Teatro (Campinas/SP) resolveu compartilhar a experiência da trupe durante a vivência Princípios lúdicos e teatrais nas manifestações populares brasileiras.

“A vivência propõe a abordagem de uma pedagogia teatral específica da Damião e Cia. de Teatro, que se vale de variados elementos da cultura popular brasileira. A oficina se utiliza dos trupés e das loas do cavalo-marinho, da dança mascarada da folia de reis e dos versos improvisados de ambas as manifestações para elucidar e desenvolver junto aos participantes princípios como o jogo e a brincadeira, a presença cênica, a dicção e o ritmo da voz falada, bem como a construção de figuras e personagens”, destaca o ator Rodrigo Nasser.

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida.