Capa » Fotos » Fabiana Ribeiro faz o retrato da mulher protagonista dos movimentos culturais e sociais
Fabiana Ribeiro faz o retrato da mulher protagonista dos movimentos culturais e sociais
Fabiana Ribeiro - Autorretrato mar/2019

Fabiana Ribeiro faz o retrato da mulher protagonista dos movimentos culturais e sociais

A beleza e a força da mulher retratadas por Fabiana Ribeiro são o tema da exposição que a Galeria Virtual da Agência Social de Notícias (ASN) destaca neste mês de março: Retrato de Mulher. Os movimentos culturais e sociais estão no foco da fotógrafa, que possui um acervo com mais de 30 mil imagens de registro da cultura tradicional e popular brasileira. Atualmente, Fabiana desenvolve um projeto contemplado pelo Proac (Programa de Ação Cultural), do Governo do Estado, que consiste em documentar a influência do legado feminino; as memórias, os saberes, os fazeres e a herança cultural feminina nestes movimentos.

Mergulhada neste universo desde 2013, a fotógrafa fala da descoberta que fez naquele ano sobre sua relação com o trabalho. “Fotografar os movimentos culturais e sociais também eram o momento de sentir que eu poderia ir ‘além’ da vida atrás da mesa, envolta em burocracias, para estar junto às pessoas e aos grupos, enxergar detalhes e me inspirar a lutar por políticas públicas.”  Não por acaso, 2013 foi o ano histórico das manifestações de rua. “Como já fotografava os movimentos culturais na rua, foi um pulo para registrar as manifestações”, lembra Fabiana.

O fotojornalismo e a fotografia documental tornaram-se o seu caminho de construção pessoal e profissional, que também representam para a profissional a sua forma de contribuir com a transformação na sociedade. “Eu busco o que eu chamo de ‘o papel social da fotografia’, onde quem observa sai do papel de passivo para interagir com a imagem. Acredito que as pessoas precisam se identificar mais com o outro, precisam se ver mais no outro e perceber que esse outro não é tão outro assim, que ele pode ser eu.”

Quando acompanhou a reintegração de posse da Ocupação Mandela, em 2017, Fabiana também se aproximou ainda mais dos movimentos sociais. Na ocasião, fez a cobertura para o coletivo Jornalistas Livres. Hoje ela acompanha as grandes manifestações em Campinas, São Paulo e Brasília.

Além de integrar a equipe do coletivo Jornalistas Livres como fotojornalista, Fabiana Ribeiro compõe ainda a equipe de trabalho que faz o plano de salvaguarda do Jongo Dito Ribeiro junto ao IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). É também uma das fundadoras do “foto coletivo” de fotógrafas Carolinas, e realiza oficinas e palestras sobre fotografia e democratização da mídia. Outra busca de Fabiana Ribeiro dentro da área da fotografia é o suporte da impressão – em algumas de suas exposições usou o tecido como suporte.

Em seu currículo como fotógrafa possui diversas exposições que aconteceram no Mis Campinas, Virada Sustentável, Museu da Cidade, Senac Campinas, Casa de Cultura Fazenda Roseira, Estação Cultura de Campinas e Ceasa Campinas. Movimentos Sociais e Culturais, Projetos Sociais, Direitos Humanos, visibilidade e empoderamento feminino, Saberes e Fazeres são as temáticas de suas fotografias.

Exposições que participou como fotógrafa: ReExistir, Partiu para onde? É o Mandela, Faces da Paz, Corpus, Ubuntu, Foto Ceasa, Festival Hercule Florence, Folia de Reis, Do Samba ao Carnaval. Formada em Comunicação Social pela PUCCAMP, coordenou departamentos de Comunicação na Prefeitura Municipal de Campinas, especializando-se na área cultural. Pós-graduada em comunicação social pela ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), cursou Cinema Documentário na Escola S. Cinema i Audiovisuals de CatalunyaAudiovisual, Barcelona, Espanha. Foi também responsável por vários projetos de comunicação visual na área cultural.

Tamires, sua primeira foto como mãe - Comunidade Mandela 2017 - foto Fabiana_Ribeiro.

Tamires, sua primeira foto como mãe – Comunidade Mandela 2017 – foto Fabiana_Ribeiro.

Ana Almeida, Rainha do Maracatu Urucungos fev/2017 - foto Fabiana Ribeiro.

Ana Almeida, Rainha do Maracatu Urucungos fev/2017 – foto Fabiana Ribeiro.

Nação Maracatu  - Urucungos 30 anos - foto Fabiana Ribeiro 2018

Nação Maracatu – Urucungos 30 anos – foto Fabiana Ribeiro 2018

Mãe Maria de Ibeji - Lavagem escadarias 2018 - Campinas - foto Fabiana Ribeiro

Mãe Maria de Ibeji – Lavagem escadarias 2018 – Campinas – foto Fabiana Ribeiro

MST Ocupação Marielle Vive - Valinhos jun/2018   - foto Fabiana Ribeiro

MST Ocupação Marielle Vive – Valinhos jun/2018 – foto Fabiana Ribeiro

Julia, avó cria seus netos na ocupação Marielle Vive - foto Fabiana Ribeiro

Julia, avó cria seus netos na ocupação Marielle Vive – foto Fabiana Ribeiro

Duda, Comunidade Mandela - abr2017 - foto Fabiana Ribeiro

Duda, Comunidade Mandela – abr2017 – foto Fabiana Ribeiro

Ocupação Marielle Vive - out/2018 - foto Fabiana Ribeiro

Ocupação Marielle Vive – out/2018 – foto Fabiana Ribeiro

Ocupação Marielle Vive - out/2018 - foto Fabiana Ribeiro

Ocupação Marielle Vive – out/2018 – foto Fabiana Ribeiro

Sobre Martinho Caires