Capa » Blog Cultura Viva » LISBOICES: A vingancinha de Madonna
LISBOICES: A vingancinha de Madonna
Madonna: vingancinha contra Lisboa? (Foto Divulgação)

LISBOICES: A vingancinha de Madonna

Madonna lançou esta semana seu novo álbum, Madame X. Medellin, faixa que abre o disco e tem participação do colombiano Maluma, dividiu a internet. Se este novo trabalho de Madonna é bom ou ruim, não será discutido aqui. Mas o que então porque falar de Madonna no Lisboices? Porque a rainha do pop mora aqui.

Madonna está em Lisboa há dois anos e chegou causando alvoroço ao pedir um pátio para estacionar sua pequena frota de 17 veículos. Ela queria pagar menos que um português paga para estacionar seu carro diariamente.

A atitude da diva encheu as redes sociais de debates e com discursos de muito ódio contra a atitude que consideram mesquinha da parte dela. Alheia ao bafafá que vinha causando na cidade, Madonna aproveitou para beber da inesgotável fonte cultural lisboeta, cantando em bares, casas de fado, se embrenhando pela cidade. Foi ao Algarve, andou de cavalo, sorveu tudo que a cultura portuguesa tem de melhor. Até no futebol ela se meteu, acompanhando o filho que joga por aqui.

Nestas incursões pelo país declarou amor por Portugal e por Lisboa e muitas vezes disse que sua música teria o fado entre uma de suas inspirações. E toda a gente esperando uma Amália Rodrigues pop com sotaque americano.

O casamento de Madonna com Portugal ia bem até que a diva colocou na cabeça que em seu novo clipe entraria a cavalo em um edifício histórico. Querer não é poder, nem mesmo para alguém como Madonna.

O órgão que cuida das edificações históricas de Portugal julgou que as ferraduras do cavalo poderiam danificar o piso de madeira e não permitiu a cena. Nas redes sociais o comentário é que Madonna, mesmo advertida, tentou entrar no prédio a cavalo, mas acabou impedida pela polícia.

Não deixo de apreciar a eterna garota material pela atitude rebelde, mas estamos falando de patrimônio histórico e a agora senhora material precisa ponderar um pouco mais sobre o que é ser radical. O fato é que Madonna foi criticada por todos os lados, nos jornais, na televisão e claro, na internet.

Ela já havia anunciado que está de partida para outras bandas, mas a repercussão do caso parece ter apressado a diva. Voltando a Medellin, que nada mais é que uma homenagem à Colômbia, o anúncio do lançamento da faixa soou por aqui mais como uma vingancinha contra Portugal.

Vamos guardar para ver o que o fado causou nessa cabecinha pensante de Madonna. Por enquanto, as pessoas estão achando que ela foi ingrata com um país que a recebeu de braços abertos.

 

Sobre Eduardo Gregori

Eduardo Gregori é jornalista formado pela Pontifícia Católica de Campinas. Nasceu em Belo Horizonte e por 30 anos viveu em Campinas, onde trabalhou na Rede Anhanguera de Comunicação. Atualmente é editor do blog de viagens Eu Por Aí (www.euporai.com.br) e vive em Portugal