Capa » Ecodesenvolvimento » 6ª Semana do Mar começa no sábado em Ubatuba
6ª Semana do Mar começa no sábado em Ubatuba
Base do Projeto Tamar em Ubatuba é estratégica para a proteção das tartarugas marinhas e educação ambiental (Foto José Pedro Martins)

6ª Semana do Mar começa no sábado em Ubatuba

Começa no sábado, dia 1º de junho, e vai até o dia 8 em Ubatuba a 6ª Semana do Mar, em promoção do Projeto Tamar, Aquário de Ubatuba e Instituto Argonauta. O objetivo é sensibilizar e proporcionar momentos de interação voltados à conservação ambiental, para dialogar sobre questões atuais, como a pesca, as mudanças climáticas e o lixo nos oceanos. As atividades acontecem no Tamar e no Aquário de Ubatuba.

O Projeto Tamar, um dos realizadores do evento, irá sediar no Centro de Visitantes uma série de atividades da 6ª Semana do Mar, envolvendo moradores, estudantes e público em geral. “Além de chamar a atenção para as importantes questões ambientais que serão destacadas ao longo da semana, é também uma oportunidade de partilhar resultados obtidos ao longo de 39 anos de atuação”, diz a coordenadora regional do Projeto no estado de São Paulo, Berenice Gomes.

Em breve o Tamar deve atingir a marca de 40 milhões de tartarugas marinhas protegidas ao longo do litoral brasileiro, graças ao apoio dos pescadores e suas famílias, estudantes, turistas, artistas e parceiros como a Petrobras, patrocinadora do Projeto desde 1982.

Confira a programação do evento:

Programação no Centro de Visitantes do Projeto Tamar

No sábado, dia 01/06a partir das 20h00, é a abertura da 6ª Semana do Mar com a apresentação do Grupo Concertada – reconhecido por sua descontração e variedade de repertório, traz músicas regionais de diversas origens do país, além de clássicos da MPB. O show conta com participação especial de Thai e Banda - poesia autêntica e contemporânea que mescla elementos da natureza à vivências e mensagens de reflexão, que são envoltas pelo balanço da reggae music e ginga dos ritmos populares. Thai vem acompanhada da banda formada por Carol Garcez na flauta transversal e backing vocal, Kleber Pacheco na bateria, Ronaldo Dourado no contrabaixo e Vinicius Alves no violão.

Dia 02/06às 16h00, o “Circuito de Vídeos Semana do Mar” inicia exibições com o remake do filme “Ilha das Flores”. A programação do circuito segue durante a semana, com exibições no decorrer dos dias, no Projeto Tamar e também no Aquário de Ubatuba.

Dia 03/06, das 10h00 às 18h00: Atividades de arte-educação e jogos pedagógicos
10h00 e 15h00, apresentação do grupo “Das Dores Circo Teatro”, com o espetáculo “La Bamba”, obra que trabalha a linguagem não-verbal e universal de uma dupla de palhaços acrobatas e malabaristas, tratando a temática da poluição das águas e do meio ambiente.

Dia 04/06, das 10h00 às 18h00: Atividades de arte-educação e jogos pedagógicos.

Dia 05/06, das 10h00 às 12h00 acontece a “Capacitação em Educação Ambiental para conservação dos mares e oceanos”, também com a participação do Projeto Albatroz. A atividade é direcionada a educadores formais e não formais, com apoio do material da Rede Biomar (rede composta pelos projetos de conservação da biodiversidade marinha patrocinados pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental: Projetos Albatroz, Coral Vivo, Baleia Jubarte, Golfinho Rotador e Tamar). A atividade será realizada com inscrição prévia no Projeto Tamar através dos contatos apresentados no final deste release.

Dia 06/06, educadores ambientais do Instituto Argonauta, Tamar e Aquário de Ubatuba vão realizar o 4º Encontro Jovem Transformar para cerca de 60 participantes, entre jovens das escolas e instituições locais, reunidos para dialogar e refletir sobre o papel da juventude nas questões ambientais.

Programação no Aquário de Ubatuba

Dia 03/06,

10h00 às 18h00: Atividades de arte-educação e jogos pedagógicos

19h30: acontece a Roda de Diálogo “Plástico nos Oceanos”, com participação de João Malavolta | Ecosurf e de Beth | Instituto Pólis.

Dia 04/06

10h00 às 18h00: Atividades de arte-educação e jogos pedagógicos

19h30: painel com o tema “Redução do Lixo no Mar: iniciativas inovadoras”, com a presença de Barbara Sapunar | Nestlé, compartilhando sobre as experiências de práticas inovadoras das marcas.

Dia 05/06às 19h30, Lara Iwanicki da ong Oceana, ministra a palestra “Papel da Gestão Pesqueira para a Conservação Marinha”.

Dia 06/06às 19h30, apresentação do case “Reserva da Biosfera da Mata Atlântica”, com Clayton Lino, compartilhando fatos sobre o conjunto de porções de ecossistemas terrestres de remanescentes de Mata Atlântica, demarcados pelo programa O Homem e Biosfera (MaB – Man and the Biosphere) da UNESCO.

Dia 07/06às 19h30, o ambientalista Fábio Feldman, autor da lei federal que instituiu a “Política Nacional de Educação Ambiental” em todo o território brasileiro, realiza palestra sobre as “Mudanças Climáticas”.

Diariamente: “Circuito de Vídeos Semana do Mar”

No dia 8 de junho, encerramento com show de João Suplicy Trio

No dia 8 de junho, encerramento com show de João Suplicy Trio

ENCERRAMENTO DA 6ª SEMANA DO MAR, NA PRAÇA DA BALEIA, NO AQUARIO DE UBATUBA E NO PROJETO TAMAR

Durante o sábado, dia 08/06, o encerramento da 6ª Semana do Mar começa às 9h00, com mutirão de limpeza de praia da orla do Itaguá e a presença dos jovens do “Encontro Jovem Transformar” e alunos da Cooperativa Educacional de Ubatuba, com exposição de estandes apresentando as atividades de instituições parceiras.

Os artistas da Mosaiky/ZOO Urbano estarão finalizando, ao ar livre e em tempo real, a maior obra feita com canudos plásticos, quebrando o atual recorde mundial.

Às 12h00, uma tartaruga marinha reabilitada retornará ao mar, em frente à praça da Baleia.

Às 16h00, no Aquário de Ubatuba, acontece o “Bate Papo com a Liga das Mulheres pelos Oceanos”. A Liga é um movimento de mulheres que lutam pela conservação dos oceanos com o objetivo de potencializar ações desenvolvidas por mulheres que dedicam seu trabalho em prol do ecossistema marinho. Em seguida, começa o “Mar de Letras”, lançamento de livros com sessão de autógrafos, com as autoras Marina Klink e Bárbara Veiga, e os autores Clayton Lino e Fábio Feldmann.

Às 20h00, no espaço cultural do Projeto Tamar, com o patrocínio da Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental, será realizada a apresentação musical de “João Suplicy e Trio”, para fechar lindamente a 6ª Semana do Mar.

Sobre as instituições que realizam a 6ª. Semana do Mar:

PROJETO TAMAR

O Projeto TAMAR começou em 1980 a proteger as tartarugas marinhas no Brasil. A Fundação Pró-Tamar executa a maior parte das ações descritas no PAN – Plano de Ação Nacional para a Conservação das Tartarugas Marinhas no Brasil do ICMBio/MMA. A Petrobras é a patrocinadora oficial do TAMAR, por meio do Programa Petrobras Socioambiental. O TAMAR trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no país, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea). Protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 26 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Em Ubatuba, recebe o apoio da Prefeitura Municipal.

Visite – www.tamar.org.br

Projeto Tamar Ubatuba | Rua Antonio Athanásio da Silva, 273

Telefone: (12) 3832 6202

Loja do Projeto Tamar | Rua Guarani, 835

AQUÁRIO DE UBATUBA

É o primeiro privado do Brasil aberto à visitação do público e pioneiro no conceito de educação ambiental por meio do contato direto com animais. Destaca-se no país pelos projetos e realizações ao longo de 23 anos, completados em fevereiro deste ano e foi o primeiro Aquário a ter um tanque de águas vivas e de contato no Brasil. A instituição, ainda, é premiada e reconhecida por iniciativas práticas de conservação e por ter sido a primeira em colocar em exercício iniciativas sustentáveis. Atende, gratuitamente, estudantes de escola pública da cidade mediante capacitação de professores. O Aquário de Ubatuba funciona de domingo à quinta-feira das 10h às 20h e sexta, sábado, feriados e em temporada das 10h às 22h. O endereço é Rua Guarani, 859, Itaguá, Ubatuba/SP.

O telefone para contato é (12) 3834-1382.

aquariodeubatuba.com.br | facebook.com/aquaubatuba |

Instagram: @aquariodeubatubaoficial

INSTITUTO ARGONAUTA

O Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha é uma organização não governamental sem fins lucrativos fundada em 1998 pela diretoria do Aquário de Ubatuba. O Instituto Argonauta mantém o CRETA – Centro de Reabilitação e Triagem de Animais Aquáticos, localizado no Pereque-açu em Ubatuba, que é um CETAS para atendimento de animais aquáticos debilitados encontrados na região, desenvolve projetos com a temática do lixo no mar e resíduos sólidos, e ações de educação ambiental, além de executar o Projeto de Monitoramento de Praias (PMP-BS) no litoral Norte de São Paulo.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos. O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. O Instituto Argonauta monitora o Trecho 10, compreendido entre São Sebastião e Ubatuba.

O telefone para contato é 12 38335789

institutoargonauta@uol.com.br

www.institutoargonauta.org

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida.