Capa » Educação » Região de Campinas inaugura rede de alta velocidade para unir pesquisadores
Região de Campinas inaugura rede de alta velocidade para unir pesquisadores
Configuração da Redecomep Campinas (Imagem Divulgação)

Região de Campinas inaugura rede de alta velocidade para unir pesquisadores

A Região Metropolitana de Campinas (RMC) dará mais um salto rumo à consolidação do seu polo científico, tecnológico e educacional, um dos principais do país. Na segunda-feira, dia 26, será inaugurada a Rede Metropolitana de Campinas (Redecomep Campinas), que ligará em alta velocidade, através de fibra óptica, os centros de pesquisa e ensino localizados na região, potencializando estudos conjuntos e agilizando a troca de informações.

A realização é da Iniciativa Redes Comunitárias de Educação e Pesquisa (Redecomep), ação dos Ministérios da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Educação (MEC), coordenada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), com apoio da Agência Brasileira de Inovação Finep (Financiadora de Estudos e Projetos). A cerimônia de inauguração da Redecomep Campinas acontecerá às 14 horas, na sala do Conselho Universitário (Consu) da Unicamp.

Foram investidos R$ 1,6 milhão em 80 km de rede óptica, unindo instituições de pesquisa e educação no município de Campinas. O projeto tem parceria com a Prefeitura e a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL).

Na opinião do coordenador-geral da Unicamp, Alvaro Penteado Crósta, com a inauguração da Redecomep, a Região Metropolitana de Campinas “dá um passo de grande importância no fomento às atividades de colaboração entre as diversas universidades e instituições de pesquisa científica e tecnológica aqui instaladas com suas congêneres no Brasil e no mundo”.

A RMC, diz o coordenador, “possui uma das maiores concentrações de instituições voltadas ao desenvolvimento científico e também à inovação tecnológica do Brasil. Portanto, esta iniciativa do MCTI e do MEC, coordenada pela RNP e contando com o apoio da Finep, é de grande importância ao prover os meios para ampliar a geração de conhecimento novo do mais alto nível, assim como a sua difusão mundial de forma ágil e eficiente”.

Além de Crósta, participarão da cerimônia na segunda-feira na Unicamp  pró-reitores; autoridades do Exército Brasileiro e do Poder Executivo Municipal, e diretores da RNP e de instituições, órgãos e institutos que compõem a rede como a PUC-Campinas, o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), o Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD), a Embrapa Informática Agropecuária (CNPTIA), a Embrapa Monitoramento por satélite (CNPM), o Instituto Agronômico de Campinas (IAC), o Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), a  Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), o Centro de Referência em Informação Ambiental (CRIA), a Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPECx), a empresa Informática de Municípios Associados S/A (IMA),  além da própria RNP e da Unicamp.

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida. Já ganhou os prêmios de jornalismo: FEAC (2015), Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2016), ABAG-Ribeirão Preto "José Hamilton Ribeiro" de Jornalismo (2017) e Prêmio INEP de Jornalismo (2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>