Capa » Cultura Viva » MIS Campinas realiza em fevereiro Ciclo de Filmes David Bowie
MIS Campinas realiza em fevereiro Ciclo de Filmes David Bowie
MIS-Campinas, no Palácio dos Azulejos tombado pelo IPHAN (Foto José Pedro Martins)

MIS Campinas realiza em fevereiro Ciclo de Filmes David Bowie

O Museu da Imagem e do Som (MIS) realiza, a partir do dia 2 de fevereiro, um ciclo de filmes em homenagem ao ícone da música pop David Bowie, que morreu dia 10 de janeiro vítima de câncer. Serão exibidos oito filmes em ordem cronológica, que levam a curadoria de Gabriel Vince. As sessões serão às terças e quartas-feiras, às 20h. A entrada é gratuita.

O britânico David Bowie, “camaleão do rock”, também teve carreira de ator, produtor, pintor e compositor. Seu último álbum foi lançado em 8 de janeiro deste ano, intitulado “Blackstar”, que liderou a lista dos mais vendidos, totalizando 181 mil cópias na lista da Billboard.

Na terça-feira, 2 de fevereiro, às 20h, a mostra tem início com o filme “O homem que Veio do Espaço” (The Man Who Fell to Earth, 1976), com direção de Nicolas Roeg. David Bowie atua como Thomas Jerome Newton, um alienígena que veio do espaço para salvar seu planeta em busca de água na terra. Ele usa tecnologias avançadas para conseguir dinheiro e se disfarçar como empresário para conseguir construir sua espaçonave. Sua missão se torna muito mais difícil ao se deparar com a ganância e crueldade dos seus colegas de negócios e rivais ao tentar voltar para casa e salvar seu planeta a tempo.

No dia seguinte, 3 de fevereiro, também às 20h, é a vez de “Apenas um Gigolô” (Just a Gigolo, 1978), assinado por David Hemmings. Esse filme se passa nos anos 1920, em Berlim, depois da Primeira Guerra. Paul volta e se da conta que o mundo aristocrático em que vivia mudou, numa década em que os nazistas buscavam poder, e para continuar sobrevivendo, tornou-se gigolô de uma rica baronesa.

“Fome de Viver” (The Hunger, 1983) é um dos títulos mais famosos do astro britânico. A produção, dirigida por Tony Schott, será exibida dia  9 de fevereiro,  às 20h. É a história de Miriam Blaylock, interpretada pela atriz Catherine Deneuve, uma vampira que se mantém com o sangue dos seus amantes, que também não envelhecem. Mas Jhon (David Bowie) tem um efeito contrário, e começa a envelhecer rapidamente, com expectativa de vida de apenas 24 horas.

No dia seguinte, 10 de fevereiro, também às 20h, é a vez de Furyo, Em Nome da Honra (Merry Christmas, Mr. Lawrence, 1983). O filme se passa no ano de 1942, durante a Segunda Guerra Mundial, onde o prisioneiro inglês Jack Celliers, interpretado por David Bowie provoca um conflito no campo de concentração na ilha de Java ao desobedecer as regras do capitão Yonoi (Ryuichi Sakamoto), que o começa  ver como inimigo e tenta acabar com o orgulho e honra do oficial inglês. Direção: Tony Nagisa Ōshima.

Outras produções

Data: 16 de fevereiro

Filme: “Labirinto – A magia do tempo” (Labyrinth, 1986)

Direção:  Jim Henson

Horário: 20h

Duração: 1h41 min.

Sinopse: Sarah, uma adolescente frustrada por ter que cuidar do irmão mais novo, sonha em se livrar dele. O Rei dos Duendes (David Bowie), personagem de um dos livros de Sarah, atende ao pedido dela e sequestra o bebê. Arrependida, Sarah terá que enfrentar vários obstáculos como um labirinto para ter seu irmão de volta, e evitar que ele seja transformado em um duende.

 

Data: 17 de fevereiro

Filme: “Absolute Beginners” (1986)

Direção: Julien Temple

Horário: 20h

Duração: 2h20 min

Sinopse: Nos anos 1950, Colin (Eddie O’Connell), de 19 anos, é um jovem londrino que tenta se estabelecer como fotógrafo, apaixonado pela modelo Crepe Suzette (Patsy Kensit). Colin tenta se aproximar dela enquanto os dois decidem entre viver seus princípios realistas ou se entregar ao sucesso, em meio a grandes produções musicais presentes no filme.

 

Data: 17 de fevereiro

Filme: “Basquiat – Traços de Uma Vida” (Basquiat, 1996)

Direção: Julian Schnabel

Horário: 20h

Duração: 1h45 min

Sinopse: Um artista de rua é descoberto por Andy Warhol, interpretado por David Bowie, em 1981. O sucesso dessa artista no mundo das artes dá a um inesperado e repentino desfecho que tem um preço muito alto.

 

Data: 24 de fevereiro

Filme: “O Grande Truque” (The Prestige, 2006)

Direção: Christopher Nolan.

Horário: 20h

Duração: 2h08 min

Sinopse: A história se passa no século XIX em Londres. Robert Angier (Hugh Jackman) e Alfred Borden (Christian Bale) são amigos que se conhecem há muitos anos desde que eram mágicos iniciantes. A competição entre eles começa aumentar com o passar do tempo até se tornar uma rivalidade. Quando Alfred apresenta uma mágica revolucionária, Robert fica obcecado em descobrir como realizar a mágica.

 

Serviço:

Ciclo David Bowie de Cinema

Data: 2 a 24 de fevereiro de 2016

Sessões: Às terças e quartas-feiras

Horário: 20h

Local: Museu da Imagem e do Som – MIS

Endereço: Rua Regente Feijó, 859, Centro –  Campinas – SP.

Telefone: (19) 3733-8800

Entrada gratuita

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida. Já ganhou os prêmios de jornalismo: FEAC (2015), Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2016), ABAG-Ribeirão Preto "José Hamilton Ribeiro" de Jornalismo (2017) e Prêmio INEP de Jornalismo (2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>