Capa » Política Pública » Itatiba vive o caos após as fortes chuvas e decreta Situação de Emergência
Itatiba vive o caos após as fortes chuvas e decreta Situação de Emergência
Cheia do rio Atibaia atingiu várias cidades da região, como Atibaia e Itatiba (Foto Adriano Rosa)

Itatiba vive o caos após as fortes chuvas e decreta Situação de Emergência

Suspensão de atividades do Ambulatório Central de Especialidades, que foi inundado. Vários bairros sem água, pelo rompimento nas redes de abastecimento. Falta de energia elétrica em muitos pontos. Suspensão das aulas da rede pública na parte da tarde. Itatiba viveu o caos nas últimas 24 horas, em razão das fortes chuvas, de 135 milímetros, que caíram ontem, quinta-feira, dia 10 de março. Nesta sexta, dia 11, o prefeito João Fattori, reunido com todo secretariado, instalou um Comitê de Gerenciamento de Crise e no início da noite decretou a Situação de Emergência, o que permite à administração agilizar muitos procedimentos. Duas pessoas morreram durante o forte temporal, que deixou alagada boa parte da cidade. Às 20h20, a vazão do rio Atibaia no Bairro da Ponte, em Itatiba, estava em 223 metros cúbicos por segundo.

Vários serviços públicos não funcionaram nesta sexta-feira, em razão das enchentes. Casos do Mercado Municipal, em todos os boxes e no prédio em anexo, e também no Centro Comunitário da Tapera Grande. O trânsito foi interditado nas ruas José Monteiro Nunes, Nossa Senhora das Graças e Expedicionários Brasileiros.

Inundado, o prédio do Ambulatório Central de Especialidades registrou prejuízos em todos os computadores, perda de 80% dos remédios e muitos danos aos aparelhos oftalmológicos. A Prefeitura ainda não podia afirmar, no início da tarde deste dia 11 de março, se o Ambulatório voltaria a funcionar na segunda-feira, dia 14, devido à quantidade de lama e dos danos materiais.

“Nossa prioridade é atender a população, ajudar os desabrigados, nos colocar à disposição 24 horas por dia para o enfrentamento de outra chuva forte. Trata-se de um momento não planejado e impossível de se evitar. Então, garantimos o enfrentamento com responsabilidade”, afirmou o prefeito Fattori, durante a reunião com o secretariado.

A situação dramática ocasionou o cancelamento da Festa do Caqui & Cia foi cancelada. O orçamento da festa, estimado em aproximadamente R$ 500 mil, está sendo transferido da Secretaria de Cultura e Turismo para as de Saúde, Ação Social e Obras.  “Trata-se de uma situação em que a cidade não está comemorando, temos famílias desabrigadas, nossa zona rural alagada. São muitas perdas a serem recuperadas. Vamos usar os investimentos da festa para necessidades maiores no momento”, disse o prefeito Fattori, que recentemente foi escolhido presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (RMC).

A Prefeitura confirmou no início da noite duas mortes em Itatiba durante as fortes chuvas e alagamentos. Após atravessar um córrego que transbordou, um homem foi levado pela enxurrada no bairro rural Morro Azul. O resgate foi feito pelo Corpo de Bombeiros na manhã desta sexta. A outra morte está sendo investigada. O corpo de um homem foi encontrado dentro de um bar.

 

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida. Já ganhou os prêmios de jornalismo: FEAC (2015), Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2016), ABAG-Ribeirão Preto "José Hamilton Ribeiro" de Jornalismo (2017) e Prêmio INEP de Jornalismo (2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>