Federação de cultura de Campinas e região será criada dia 6 e já soma mais de 40 entidades
Giovanni Galvão, secretário da Comissão Provisória da Federação (Foto Divulgação)

Federação de cultura de Campinas e região será criada dia 6 e já soma mais de 40 entidades

O movimento de entidades preocupadas com o estado da cultura em Campinas e região cresce a cada dia. As conversas pela criação da Federação Metropolitana Campineira pela Cultura, que acontecerá oficialmente no próximo dia 6 de fevereiro, já envolvem mais de 40 instituições, grupos e outros espaços culturais. A gota d´água para a estruturação de um órgão representativo do setor foi a decisão do prefeito de Campinas, Jonas Donizette, de não mais construir o teatro de ópera que estava projetado para o Parque Ecológico Mons.Emilio José Salim, mas de fato a preocupação central dos envolvidos na criação da Federação é com a elaboração, de forma participativa, de um grande projeto cultural para região metropolitana, formada por 20 municípios.

A criação de uma federação reunindo as entidades culturais de Campinas e região foi divulgada em primeira mão pela Agência Social de Notícias (aqui). A decisão foi motivada em grande parte pela insatisfação de muitas instituições com a decisão do prefeito a respeito do projetado Teatro de Ópera “Carlos Gomes”. As entidades engajadas na criação da Federação lançaram, inclusive, um manifesto, já entregue ao prefeito Jonas Donizette.

Entretanto, o movimento de fato tem refletido a inquietação do setor com os rumos da cultura em Campinas e região. Uma profunda indignação foi manifestada, por exemplo, pelo novo presidente do Fórum Municipal de Cultura de Campinas, Marcos Garcia, em entrevista exclusiva para a ASN (aqui). Um importante artigo da antropóloga Regina Márcia Moura Tavares também foi publicado pela Agência (aqui).

Na segunda-feira, dia 6 de fevereiro, será realizada uma assembleia pela criação oficial da Federação e eleição da primeira diretoria. Segundo Giovanni Galvão, secretário da Comissão Provisória pela criação da Federação, também estão previstas a aprovação do estatuto e a discussão das medidas a serem tomadas em defesa do teatro de ópera e relacionadas aos primeiros temas prioritários. A assembleia acontecerá na sede provisória da Federação, à rua Dr.Mascarenhas, 412, centro de Campinas, onde fica a sede da Academia Campineira de Letras e Artes, uma das organizações envolvidas no processo.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>