Minha Campinas lança campanha para tipificar chacina como feminicídio
Movimento contra feminicídio avança em todo país (Foto Reprodução)

Minha Campinas lança campanha para tipificar chacina como feminicídio

A virada do ano novo em Campinas começou com um crime que chocou todo o Brasil. Isamara Filier e mais oito mulheres da mesma família foram mortas pela seu ex-companheiro, que após o assassinato se matou e deixou uma carta de ódio às mulheres. O caso teve grande repercussão nacional e levantou o debate em torno dos crimes de feminicídio. Mas a chacina não foi reconhecida assim pela Polícia e para que o crime seja de fato considerado como feminicídio acaba de ser lançada uma campanha pela Minha Campinas. A campanha será reforçada neste sábado, dia 11 de novembro, na Virada Política, que acontece em Campinas.

Incomodada com o registro da ocorrência desse caso, que consta como homicídio simples mesmo após a investigação das mortes, a rede de mobilização Minha Campinas lançou uma campanha, com uma petição online, para exigir que o Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) faça a correção na tipificação dos assassinatos.

“A Lei do Feminicídio foi criada em 2015. Ela qualifica o homicídio como hediondo quando o crime envolve a violência doméstica e familiar, além de discriminação e menosprezo à condição da mulher. Mas, apesar dela estar em vigor há dois anos, ainda hoje a qualificadora feminicídio raramente acontece na hora do registro da ocorrência ou na investigação”, diz Claudia Oliveira, socióloga e integrante da Minha Campinas.

Segundo o movimento de mulheres que participa da mobilização, a falta de dados consolidados nas estatísticas da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-SP) torna invisível a morte violenta de mulheres no Estado e não promove mudanças e melhorias na política pública de acolhimento e proteção às mulheres, levando ao ápice dessa violência, que é o seu assassinato – o feminicídio.

Chacina em Campinas chocou o país (Foto Reprodução)

Chacina em Campinas chocou o país (Foto Reprodução)

Neste sábado, dia 11 de novembro, o grupo reúne em um evento interessadas para discutir o Fortalecimento da Lei do Feminicídio em São Paulo. O evento conta com a presença da Delegada e Diretora de Gestão Interna da Secretaria da Segurança Pública do Piauí, Eugênia Villa, para contar a experiência da criação do Núcleo de Feminicídio no Piauí.

Em 2016 a ONU Mulheres, em parceria com a Secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, criou as diretrizes nacionais para a investigação do Feminicídio, mas infelizmente são poucos os Estados que já adotaram. O Piauí é um deles e ainda conta com um Núcleo de Feminicídio, um grupo de estudo responsável por pesquisas, análises e capacitação dos profissionais com essa perspectiva de gênero.

O evento acontece durante a Virada Política, que acontece em Campinas com ações em vários espaços. Programação completa da Virada Política, segundo seus organizadores:

Dia 11 de novemebro

09h30 – 12h00 | Feminicídio: Fortalecimento da Lei em SP
Centro Poveda (R. Dr. Quirino, 1733)
Roda de conversa com a presença da Delegada do Piauí, Eugência Villa, e a Claudia da Minha Campinas. A Eugênia vai contar a sua experiência de aplicação da lei no Piauí.

14:00 – 18:00 | Oficina: Hackeando Dados Públicos
Minha Campinas (R. Luzitana, 1779)
Oficina facilitada pelo Capi Etheriel em Python. Como podemos trabalhar com os dados públicos a nosso favor?

16:00 – 18:00 | Panorama Político de Campinas
GARE – CIS Guanabara (R. Mario Siqueira, 829)
Roda de conversa para debatermos o ano político de 2017 na nossa cidade. Debate será facilitado pelo Rogerio Garcia.

16:00 – 18:00 | Mídia Independente
Sala Multiuso – CIS Guanabara (R. Mario Siqueira, 829)
Roda de conversa com a presença de André Vex, Quilombo Urbano e Informativo na Contramão.

18:00 – 20:00 | CineDebate: Ciclos
Sala Multiuso – CIS Guanabara (R. Mario Siqueira, 829)
Vamos assistir ao curta metragem Ciclos e debater sobre o tema da mobilidade urbana com o Glauco Azevedo, da Bike Anjo.

18:00 – 20:30 | Jogo da Política: Legislativo
Minha Campinas (R. Luzitana, 1779)
Você sabia que dá pra aprender um pouco mais de política se divertindo? Venha jogar o Jogo da Política com a Dominique da Minha Campinas

Sobre a campanha do Minha Campinas:

O site do “IssoéFeminicídio” (https://www.issoefeminicidio.minhacampinas.org.br/ ) está com uma petição online para recolher assinaturas que serão entregues ao Delegado Rui Pegolo do Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), exigindo a qualificação para feminicídio no caso das 9 mulheres assassinadas no Reveillon na cidade.

 

SERVIÇO

https://www.issoefeminicidio.minhacampinas.org.br/

contato@minhacampinas.org.br

 

Evento:

Feminicídio: Fortalecimento da Lei em SP

dia 11 de novembro de 2017

9h30 às 12h00

R. Dr. Quirino, 1733 / Entrada gratuita

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>