Campinas sedia Conferência Latino-Americana de Comunidades Terapêuticas
Imagem de divulgação do evento

Campinas sedia Conferência Latino-Americana de Comunidades Terapêuticas

Campinas sedia, entre os dias 7 e 9 de dezembro a XVI CLACT (Conferência Latino-Americana de Comunidades Terapêuticas). A conferência contará com a participação de representantes de 15 países da América Latina, América Central, Estados Unidos e Espanha, além de representantes de Comunidades Terapêuticas, Profissionais de diferentes áreas relacionadas à temática das drogas, Autoridades, membros da Comunidade Acadêmica, entre outros do Brasil e do exterior.

Organizado pela Febract (Federação Brasileira das Comunidades Terapêuticas), sediada em Campinas, e pela Flact (Federação Latino-Americana de Comunidades Terapêuticas), o evento será realizado no Centro de Convenções Expo Dom Pedro.

A proposta do encontro é abordar assuntos como os desafios das CTs (Comunidades Terapêuticas), na América Latina, sua atuação na contemporaneidade e contextos históricos, as principais diretrizes e princípios das CTs no tratamento da dependência química, a pesquisa científica na avaliação da eficácia do método da CT,  além de temas como o da Promoção de Saúde e Prevenção, Uso de drogas na adolescência, entre outros.

Para Beto Sdoia, presidente da  Febract, o evento, que está em sua XVI edição,  trouxe ao longo dos anos muitas contribuições para que houvesse um salto de qualidade dos serviços oferecidos pelas Comunidades Terapêuticas, na América Latina. “Cerca de 80% dos Dependentes Químicos no Brasil, que hoje estão em tratamento visando sua Recuperação para uma vida livre em Sobriedade, estão acolhidos em uma Comunidade Terapêutica”, afirmou Beto.

O psicólogo Pablo Kurlander, coordenador geral da Febract, defende que o diálogo proposto na Conferência promove as boas práticas das Comunidades Terapêuticas. “É de extrema importância que as Comunidades Terapêuticas busquem qualificação e profissionalização constantemente, a fim de garantir a qualidade do serviço oferecido, avaliando de forma permanente os resultados obtidos. Para validar este esforço permanente, contamos com o apoio da sociedade civil, da sociedade acadêmica, e de todas as esferas do Governo, nossos permanentes interlocutores em todas as ações realizadas”, afirmou.

Beto Sdoia, presidente da  Febract (Foto Divulgação)

Beto Sdoia, presidente da Febract (Foto Divulgação)

PARCERIAS – Dentro da programação da XVI CLACT, na tarde da sexta-feira, 8 de dezembro, serão também descritas as ações realizadas pela exitosa parceria estabelecida entre a Febract e o Programa Recomeço. “As Comunidades Terapêuticas são atualmente o equipamento que atende maior número de dependentes químicos em regime residencial no país, sendo um elemento estratégico na articulação de políticas públicas sobre drogas, principalmente no Estado de São Paulo, onde a Febract vem desenvolvendo importante parceria com o Governo no monitoramento, suporte técnico e repasse de recursos para um total de 70 serviços, contabilizando 1.335 vagas financiadas pelo Programa Estadual de Políticas Sobre Drogas, Programa Recomeço: Uma vida sem drogas” afirmou Lucas Roncati, Coordenador de Operações da Febract .

 Kurlander ainda aponta que eventos como a XVI CLACT representam um importante marco social para a discussão substancial da importância das Comunidades Terapêuticas no cenário nacional, já que se direciona a diversos setores da sociedade, desde o tradicional público específico de trabalhadores de Comunidades Terapêuticas e grupos associados, até profissionais da rede de saúde, assistência social, educação, grupos do terceiro setor e membros da sociedade civil em geral, que de alguma forma, direta ou indiretamente, podem se beneficiar das ações promovidas pelas Comunidades Terapêuticas tecnicamente organizadas e que atuam dentro dos marcos legais vigentes.

 Publico Alvo – A expectativa de participação é de aproximadamente 1000 pessoas, dentre estas, 150 estrangeiros, tendo como público alvo profissionais de todas as áreas, assim como agentes públicos e privados que atuam na temática da dependência química, direta ou indiretamente.

Inscrições – As inscrições estão abertas até a data do evento. Elas podem ser feitas pelo site clactbrasil.com.br. O valor das inscrições é de R$ 380, sendo possível, em alguns casos, ser concedido desconto ou até mesmo gratuidade.

SERVIÇO

XVI Conferência Latino Americana de Comunidades Terapêuticas

Dias 7, 8 e 9 de Novembro, das 9h às 18h.

Centro de Convenções EXPO DOM PEDRO

Av. Guilherme Campos, 500 – Jardim Santa Genebra, Campinas – SP, 13087-901

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>