Capa » Cultura Viva » CHINOISERIE: o amoroso olhar chinês da arte globalizada em exposição em Campinas
CHINOISERIE: o amoroso olhar chinês da arte globalizada em exposição em Campinas
Os barcos representam um capítulo à parte na obra de Josie Mengai: ponte entre civilizações (Foto Divulgação)

CHINOISERIE: o amoroso olhar chinês da arte globalizada em exposição em Campinas

Ela nasceu em Hong Kong, morou em vários países e agora está radicada no Brasil. Já viveu na Amazônia, respirou o ar dos igarapés, se encantou com o movimento dos barcos nos rios caudalosos e cada vez mais muito ameaçados. O olhar amoroso de Josie Mengai expressa uma visão singular da globalização, não como fenômeno de mercado, da hegemonia do consumismo, mas de conversa franca, de tributo ao multiculturalismo. Um recorte significativo da artista está na exposição CHINOISERIE, que será aberta nesta terça-feira, dia 27 de fevereiro, às 19 horas, no Piola Cambuí, com produção de Ligia Testa.

Josie Mengai tem uma trajetória internacional premiada. Expôs em Nova York em 2017 e suas obras chamaram atenção pela técnica inusitada aplicada à aquarela e pelas cores esfuziantes. Cores derivadas de sua origem e de suas andanças pelos quatro cantos do planeta, bebendo na fonte das raízes culturais de diversos povos e civilizações.

A origem fala alto, por exemplo em sua paixão pelos felinos, sempre presente em suas telas. A explicação é evidente: Josie nasceu no Ano Lunar Chinês do Tigre, um dos animais mais respeitados, admirados e reverenciados no Oriente.

Arte-convite para a exposição CHINOISERIE, em cartaz até 31 de março  no Piola do Cambuí, Campinas

Arte-convite para a exposição CHINOISERIE, em cartaz até 31 de março no Piola do Cambuí, Campinas

Os barcos representam um capítulo à parte, e essa celebração também pode ser creditada às fontes da arte chinesa. Os barcos navegando pelo Yangtzé e outros rios estão sempre presentes na estética tradicional da China. Mas novamente a força da narrativa das viagens se faz presente e os barcos cruzando as avenidas líquidas da Amazônia são, igualmente, uma natural inspiração para Josie. Os barcos que fazem a ponte entre territórios, também simbolizando o diálogo entre matrizes culturais diversas.

Para a produtora artística Ligia Testa, a artista brinca com os efeitos paradoxais de suas imagens, cujos barcos e cordas quase fotográficos refletem-se nas águas de maneira onírica e absolutamente inesperada. “Estamos trazendo 24 obras originais além de gravuras em alumínio, como as expostas em Nova Iorque, e em fineart (impressão e papel importado especiais), assinados de próprio punho pela artista”, complementa Ligia, que cada vez mais se destaca como uma das mais importantes empreendedoras culturais de Campinas e região.

SERVIÇO:

Local: Piola, Rua Ferreira Penteado, 146, Cambuí, Campinas/SP.

Vernissage: 27/fev/2018, terça-feira, 19h

Exposição: 28/fev a 31/mar/2018

Entrada Gratuita

 

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida. Já ganhou os prêmios de jornalismo: FEAC (2015), Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2016), ABAG-Ribeirão Preto "José Hamilton Ribeiro" de Jornalismo (2017) e Prêmio INEP de Jornalismo (2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>