Capa » Centros Urbanos » Prefeitura monta “operação de guerra” para retirada de árvore que caiu no Centro de Convivência
Prefeitura monta “operação de guerra” para retirada de árvore que caiu no Centro de Convivência
Quatro equipes do DPJ foram mobilizadas para a retirada da grande árvore (Fotos José Pedro Martins)

Prefeitura monta “operação de guerra” para retirada de árvore que caiu no Centro de Convivência

Uma “operação de guerra” foi montada pela Prefeitura de Campinas para a retirada de uma grande árvore que caiu no Centro de Convivência Cultural, no Cambuí, após as fortes chuvas dos últimos três dias. A árvore caiu na tarde desta terça-feira e a operação para a sua retirada envolve, desde a manhã desta quarta, 24 de dezembro, quatro equipes do Departamento de Parques e Jardins (DPJ), além de outros técnicos. Motosserras e caminhões são utilizados para o corte e coleta de tronco e galhos e desobstrução do espaço. Segundo o Cepagri/Unicamp, choveu 186 milímetros nas últimas 72 horas, próximo da média histórica de dezembro em Campinas, de 204 mm.

Foram duas quedas de árvores no Centro de Convivência. Uma árvore caiu do lado da rua São Pedro, nas proximidades da Feira de Natal, que aconteceu até as 14 horas desta quarta-feira. Esta árvore foi retirada ainda ontem. A outra, uma das maiores do conjunto arbóreo do Centro de Convivência, caiu do lado da rua Antônio Cesarino. Muitos moradores e curiosos foram observar a enorme árvore caída e o trabalho das equipes do DPJ.

O Centro de Convivência tem um importante conjunto de espécies de árvores, nativas ou exóticas, como flamboyant, palmeiras imperiais, cedro do Líbano, jequitibá, ipê, cacau, embaúba, pau-brasil, gerivá, alecrim de Campinas, magnólia, sibipiruna, pau ferro, tipuana e resedás de pequeno porte.

O projeto de recuperação do Centro de Convivência, em curso, prevê a manutenção das espécies arbóreas e da densidade vegetal no local. Outras árvore já caíram nos últimos anos.

Outras árvores caíram na cidade após as fortes chuvas, que também provocaram erosão em avenida no Bosque das Palmeiras. Com isso, o trecho da avenida Augusto Piffer posterior à rua Maria Antônia da Conceição Ribeiro Santos ficará fechado para circulação a partir deste dia 24, em razão da erosão. O acesso será apenas local, para moradores, e as obras de manutenção devem estar concluídas no início de janeiro.

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>