Capa » Cultura Viva » Tomá na Banda comemorou 30 anos de legítimo Carnaval de rua em Campinas
Tomá na Banda comemorou 30 anos de legítimo Carnaval de rua em Campinas
Tomá na Banda: 31 anos de alegria e cultura em 2015 (Foto Martinho Caires)

Tomá na Banda comemorou 30 anos de legítimo Carnaval de rua em Campinas

O Tomá na Banda comemorou no sábado, 14 de fevereiro, 30 anos de puro Carnaval de rua. As três décadas de revitalização do Carnaval de Campinas foram lembradas com mais um desfile que atraiu milhares, desde a concentração no Centro de Convivência, no Cambuí, até as ruas centrais da cidade.

Criatividade, uma das marcas do Tomá na Banda

Criatividade, uma das marcas do Tomá na Banda

1985. Primeiro ano depois do fim da ditadura militar que por 20 anos reprimiu a alegria e a criatividade. O grupo de cantores, músicos, artistas em geral e, principalmente, amigos, que se reunia no Bar Ilustrada resolveu ir para a rua, para celebrar um Carnaval diferente. 30 anos depois, um vigor redobrado dos foliões.

Equilíbrio na festa: arte nas mãos

Equilíbrio na festa: arte nas mãos

Por anos o Ilustrada foi uma referência cultural na cidade, sob a liderança de Camilo Chagas, que também está na origem do Tomá na Banda. O bar foi homenageado no desfile de 2013. No ano passado, foi a vez de honrar a trajetória do próprio Camilo.

Fantasia e brincadeira, dupla inseparável

Fantasia e brincadeira, dupla inseparável

Em 2015 é o próprio Tomá na Banda que foi cultuado no desfile que começou às 14 horas, a partir da concentração no Centro de Convivência, no Cambuí. Às 15 horas começou o show com a Roda de Samba de Ido Luiz e convidados, como um esquenta refinado. Às 17 horas saiu o cortejo, por várias ruas. No retorno ao Centro de Convivência, encerramento marcado pela premiação de fantasias.

A realeza presente

A realeza presente

Há sete anos o Tomá conta com sua própria banda, com a reunião de 15 músicos. Tudo para animar o Carnaval de rua e garantir a continuidade da festa eterna do Bar Ilustrada, que nas décadas de 1980 e 1990 trouxe a Campinas nomes como Arrigo Barnabé, Jards Macalé, Cida Moreira, Vania Bastos, Passoca, Tom Zé, Paulinho Nogueira e Luis Melodia, entre outros.

Preparando para colocar a banda na rua

Preparando para colocar a banda na rua

A fina flor da vanguarda e da tradição, a essência da música brasileira. O Tomá na Banda é a continuidade dessa abertura para a diversidade cultural verde-amarela.

A multidão que invadiu o Centro de Convivência, no Cambuí

A multidão que invadiu o Centro de Convivência, no Cambuí

 

 

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida. Já ganhou os prêmios de jornalismo: FEAC (2015), Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2016), ABAG-Ribeirão Preto "José Hamilton Ribeiro" de Jornalismo (2017) e Prêmio INEP de Jornalismo (2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>