Capa » Cidadania » Feira SUB de Campinas divulga selecionados para a Residência SUB
Feira SUB de Campinas divulga selecionados para a Residência SUB
Feira SUB em 2017: pilar de grande projeto cultural (Foto Martinho Caires)

Feira SUB de Campinas divulga selecionados para a Residência SUB

A Feira SUB de arte impressa e publicações independentes divulgou os quatro artistas que farão parte da Residência SUB, projeto de residência artística comfoco em livros de artista, resultado da parceria entre a Feira SUB e o Coletivo Contracouchê, a ser realizada de março a setembro em Campinas (SP). São eles: Cau Silva, Kauê Garcia, Paula Chimanovitch e Victor Zanini.

A residência é parte do Projeto Cultural SUB, que tem como pilar principal a realização da Feira SUB de Arte Impressa e Publicações Independentes que acontece uma vez por ano na cidade de Campinas. O resultado do trabalho artístico dos participantes da residência será apresentado na 3ª. edição da Feira que vaiacontecer em setembro de 2018. As artistas visuais Ludmila Porto do Coletivo Contracouchê e Lilian Walker,ambas idealizadoras e coordenadoras do projeto, irão acompanhar e direcionar as propostas juntoaos residentes.A Casa Mista, ateliê que abriga o Contracouchê e outros projetos artísticos, será o principal espaço de desenvolvimento da residência.

Lilian Walker e Ludmila Porto coordenadoras da Residência SUB e idealizadoras da Casa Mista | Crédito: Divulgação

Lilian Walker e Ludmila Porto coordenadoras da Residência SUB e idealizadoras da Casa Mista | Crédito: Divulgação

“A Residência Sub é a segunda residência que o Coletivo Contracouchê faz em livro de artista. Esse ano, em parceria com a Feira SUB, esperamos que seja o primeiro projeto de muitos aqui em Campinas. O projeto é de orientação coletiva e tem o nosso acompanhamento. Os artistas foram selecionados através de chamada pública onde selecionamos os portfólios e realizamos entrevistas, levando em conta a potencialidade do trabalho e o posicionamento artístico de cada um. Esse tipo de iniciativade residência artística, orientação coletiva, intercâmbio e fomento da produção de arte é o que a Casa Mista pretende realizar na cidade.”, explica Ludmila Porto, uma das coordenadoras da Residência SUB e idealizadora da Casa Mista que abriga o Coletivo Contracouchê.

Quem são os artistas da Residência SUB

Cau Silva

Cau Silva na instalação com sobras de papel rasgado (2017) | Foto de Tamara Fajer

Cau Silva na instalação com sobras de papel rasgado (2017) | Foto de Tamara Fajer

Formada em Ciências Sociais pela Unesp (2014) com pós-graduação em Artes Visuais pela Unicamp (2016). Trabalha com performance, videoarte, fotografia e pintura. É membro e gestora do Coletivo 2e1.Participa de acompanhamento artístico sob orientação de Carolina Paz. Em seu trabalho, o território surge como um campo possível para a criação, ampliando a possibilidade de desprogramar a ideia de que uma criação poética tem como fundamento necessário um suporte e um produto final.  Em suas produções, a artista repensa a plasticidade dos próprios suportes.  Participou de exposições coletivas como a ‘Expo ZN’ (2016) no espaço independente Acolá(São Paulo), fez residência artística no Elefante Centro Cultural, no Distrito Federal, realizou trabalhos de curadoria do evento Descompasso(Instituto de Artes da Unicamp, 2016),elaborou a identidade visual da Revista Magma (USP, 2015), produziu e participouda performance do projeto Dança Acontecimento (Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, 2013).

Kauê Garcia

Kauê Garcia em seu trabalho 'Distraídos Perderemos' |Foto de Binho Baderna Miranda

Kauê Garcia em seu trabalho ‘Distraídos Perderemos’ |Foto de Binho Baderna Miranda

Graduado em Artes Visuais pela PUC-Campinas, vive e trabalha em Campinas. Sua pesquisa se concentra em investigar sons, imagens, estruturas, objetos, relações, hábitos e memórias, nos quais posteriormente propõe possíveis subversões conceituais. A ressignificação busca gerar novas leituras ao que já é de conhecimento popular e assim impor outro status, por intermédio de inserções políticas, poéticas e críticas.  Seu trabalho circulou por diversas instituições culturais, espaços independentes e galerias de arte como Sesc Pompéia, Trienal Frestas no Sesc Sorocaba, exposição coletiva na 31ª. Bienal de São Paulo, Galeria Eduardo Fernandes em São Paulo, entre outros.

Paula Chimanovitche

Paula Chimanovitch | Foto de Sérgio Niculitcheff

Paula Chimanovitch | Foto de Sérgio Niculitcheff

Formada em Artes Visuais pela Unicamp. Em 2014, durante seu estágio no Sesc Campinas, teve contato com artistas da dança e performance, o que desencadeou sua principal linha de pesquisa: retratar por meio de desenho, pintura e gravura a relação que se estabelece entre corpos em seus espaços de intimidade. No ano seguinte participou da primeira Bienal Sesc de Dança de Campinas.

Atualmente seu trabalho agrega livros e cadernos de artista, tendo em 2016 produzido sua primeira série de livros-objeto chamada ‘SOMA’. Participou no mesmo ano do Projeto Estante, promovido pelo Departamento de Artes Visuais do Instituto de Artes (IA) da Unicamp, em que expôs sua série ‘Caderninhos’, produzida entre 2012 e 2015. Em 2017 ilustrou para as publicações ‘Aos Amores que Matei’, em parceria com a escritora Marina B. Laurentiis, e ‘Legenda Erótica’, novela da escritora e jornalista Luiza Pastor. Foi também, no mesmo ano, selecionada para o Salão de Artes Visuais de Vinhedo, recebendo o prêmio aquisitivo por uma das três obras expostas.

Vitor Zanini

Vitor Zanini | Foto de Henrique Madeira

Vitor Zanini | Foto de Henrique Madeira

Artista multidisciplinar radicado em São Paulo com formação em Programação Visual.

Sua produção que muitas vezes acontece em sequências, utiliza da colagem, desenho e pintura como meios de expressão. Em formato de animação, arte ambiente, pinturas e materiais impressos o artista exercita sua pesquisa influenciada por estudos do inconsciente, processos intuitivos e o realismo fantástico. Sobre esta procura o artista declara: “a criação artística é uma forma de unir sentimento e matéria, pesquisar o interior e descobrir o elemento. Ativando emoções e mostrando caminhos”. Iniciou formalmente seu trabalho artístico em 2007 por meio da animação e colagem, realizou mostras audiovisuais, exposições coletivas e site-specific.

Parceria com a Unicamp

A Residência SUB conta também com o apoio do Laboratório de Gravura do Instituto de Artes (IA) da Unicamp. Com isso, os encontros de discussão e produção dos trabalhos acontecerão tanto na Casa Mistaquanto no Laboratório de Gravura da Unicamp.  Os encontros consistirão em discussão de textos, referências de outros artistas, trabalho prático, realização de testes, crítica coletiva dos trabalhos e produção final.

“A ideia é que os artistas participantes da residência possam usar a infraestrutura do Laboratório de Gravura ao mesmo tempo que habitam o espaço da universidade com sua produçãoartística. A presença desses artistas, que já têm uma produção mais amadurecida e uma prática de ateliê estabelecida, acaba se se tornando uma referência para alunos do Instituto de Artes, trazendo uma nova dinâmica que, inevitavelmente, irá reverberar na rotina dos alunos’, comenta a Professora Dra. Luise Weiss, Coordenadora do Laboratório de Gravurado Departamento de Artes Plásticas (DAP) do Instituto de Artes (IA) da Unicamp.

“Essa aproximação entre espaços independentes de arte e cultura e a universidade, cria pontes, gera trocas interessantes e vínculos culturais saudáveis, além de fortalecer o circuito artístico local. As parcerias têm sido fundamentais para o crescimento da SUB aqui em Campinas”, completa Marcela Pacola, uma das idealizadoras da Feira SUB.

SOBRE

Projeto Cultural SUB

A SUB é um projeto cultural de fomento, reflexão e articulação do circuito artístico independente da cena contemporânea. O foco principal é discutir, mostrar, criar espaço para a produção independente na área das artes visuais, assim como de outras áreas que se cruzam, se encontram ou se relacionam com as denominadas visuais e apresentar esses trabalhos para o público.

Através deste projeto, a ideia é promover um ciclo de ações onde o artista atua como agente ativo do seu próprio trabalho e criar oportunidade de reflexão e troca entre artistas e público. Esse ciclo é composto por uma feira de arte impressa e publicações independentes (Feira SUB), uma residência artística (Residência SUB em parceria com o Coletivo Contracouchê e a Casa Mista), exposições de arte, bate-papos, encontros literários, palestras e workshops que serão programados ao longo de 2018.

A Feira SUB é o pilar do projeto. É uma feira anual de Arte Impressa e Publicações Independentes que acontece desde 2016 na cidade de Campinas (SP)com foco na produção artística e literária contemporânea. Apresenta os mais variados formatos de artes visuais e literatura, que inclui livros de artista, zines, ilustrações, gravuras, fotolivros, pôsteres a preços acessíveis.  Em seu 3º. ano, vai acontecer em setembro de 2018 e tem como objetivo fortalecer, incentivar e promover a produção independente.  A feira é gratuita para público e artistas. As inscrições vão acontecer em meados de maio pela página da Feira SUB no facebook. (www.facebook.com/feirasub)

O projeto cultural SUB é uma idealização do The MIX Bazar,um espaço múltiplo e cultural que une moda sustentável arte e design e abriga uma loja e brechó, organizado pela produtora cultural Marcela Pacola e pela jornalista e designer gráfica Fabiana Pacola Ius. (www.facebook.com/themixbazar)

Exposição do Coletivo Contracouchê na Feira SUB 2017 |Foto de Ricardo Lima

Exposição do Coletivo Contracouchê na Feira SUB 2017 |Foto de Ricardo Lima

Ludmila Porto – Ludmila Porto é artista visual e o principal objeto de estudo em seu trabalho é o corpo. As obras são em maioria tridimensionais, transitando entre os livros de artista, pintura, desenho e performance. É idealizadora e coordenadora da Casa Mista, espaço de arte, cultura e gastronomia localizado em Campinas. É integrante do Coletivo Contracouchê, grupo com o qual desenvolve residências artísticas, grupos de produção em ateliê, cursos e palestras. Formada pelo Instituto de Artes da UNESP estudou nos Estados Unidos durante 2012 e 2013, onde pode aprofundar suas pesquisas e amadurecer sua produção. Hoje mora em Campinas e desenvolve seus projetos artísticos na região.

Lilian Walker – Lilian Walker vive e trabalha em Campinas-SP, onde atua como idealizadora e coordenadora da Casa Mista, espaço de arte, cultura e gastronomia. Formou-se em Artes Visuais pela Unicamp em 2016, tendo complementado seus estudos em um intercâmbio de seis meses na Universidade do Porto (2015), onde pôde se aprofundar nas práticas de pintura, fotografia e técnicas voltadas ao tridimensional. Desde dezembro de 2015 integra o Coletivo 2E1, grupo de artistas orientado por Carolina Paz para compartilhamento de pesquisas e realização de projetos artísticos coletivos. Atualmente, cursa mestrado na Unicamp, onde desenvolve pesquisa teórico-prática sobre as relações poéticas entre corpo e paisagem envolvidas no seu trabalho artístico. Em 2016, participou de salões, de um festival de arte contemporânea em Portugal e recebeu um prêmio aquisitivo da Prefeitura de Vinhedo. Em 2017, participou de coletivas em São Paulo e em Brasília-DF, onde realizou uma residência artística no Elefante Centro Cultural.

Coletivo Contracouchê – O Contracouchê é um coletivo de artistas que busca criar oportunidades para artistas. Iniciou suas atividades em 2014 e no mesmo ano foi contemplado com o edital PROAC de Livros de Artista. Com o financiamento, desenvolveu então o projeto QU4TRO PONTOS – uma residência artística para jovens artistas. De formação efêmera, pois mudam os integrantes a cada projeto, o coletivo foca suas atividades no universo do livro de artista, gravura e objetos tridimensionais. Participa de feiras, ministra oficinas, cursos e desenvolve projetos culturais. (quatropontos.contracouche.com.br).

Casa Mista – A Casa Mista é o lugar que abriga 3 núcleos de produção, orientação e trocas de experiências artísticas e culturais. Os núcleos são: Fruta Pão, fábrica de pães com fermentação natural e espaço gastronômico; Ateliê, local de produção das artistas Ludmila Porto e Lilian Walker; e Contracouchê, coletivo que promove projetos e cursos voltados para produção de livros de artista.(www.facebook.com/mista.casa)

 

Sobre ASN

Organização sediada em Campinas (SP) de notícias, interpretação e reflexão sobre temas contemporâneos, com foco na defesa dos direitos de cidadania e valorização da qualidade de vida. Já ganhou os prêmios de jornalismo: FEAC (2015), Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2016), ABAG-Ribeirão Preto "José Hamilton Ribeiro" de Jornalismo (2017) e Prêmio INEP de Jornalismo (2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>