Cultura Viva

Ocidente e Oriente juntos no Salão de Humor de Piracicaba

Cartum de Afshin Nazari, vencedor do 41º Salão Internacional do Humor de Piracicaba

O Salão Internacional do Humor de Piracicaba é chão para o riso (e o grito) do mundo  Por José Pedro Martins Ocidente e Oriente, juntos, pela paz, pela vida, mas com muito humor e espírito crítico. Este é o saldo do 41º Salão Internacional do Humor de Piracicaba, que ainda pode ser visto até o dia 12 de outubro, no ... Leia Mais »

Qual o valor? A pergunta radical de Mário Gravem Borges

Mário Gravem Borges: sucessão no Fórum Municipal de Cultura (Foto Martinho Caires)

Por José Pedro Martins – Ensaio fotográfico Martinho Caires    Uma viagem pelos trilhos das artes plásticas, com parada na estação memória. Mário Gravem Borges fez uma espécie de síntese de sua trajetória artística e de suas inquietações existenciais e políticas na intervenção que batizou de “Trem bala, caixeiro viajante, meu doce museu de arte”, com a qual participou da segunda ... Leia Mais »

Como a poesia salva e liberta, por Rubem Alves

A poesia é central na vida e obra de Rubem Alves (Foto José Pedro Martins)

Para mim esta é a grande mensagem de Rubem Alves: a poesia salva e liberta. Com ela tudo é possível. Pela poesia é possível vencer o mal, é viável sonhar com o belo e o bom, é factível acreditar na comunhão de afetos, contra a dor, o horror, o injusto. E com a poesia, ele sempre está dizendo, dá para construir uma nova ... Leia Mais »

O gato na parede: no MACC, uma viagem ao coração de Campinas

Obra de Ricardo Cruzeiro, na exposição do acervo do MACC em julho (Foto José Pedro Martins)

Por José Pedro Martins Contra a reserva dos mestres que guardam para si o pulo do gato. Assim os signatários do Manifesto do Grupo Vanguarda expressavam, em junho de 1958, a sua posição favorável à democratização da arte. Que ela passasse “pela renovação/revificação constante e progressiva”. Que estivesse no “lado de fora dos museus e das galerias fechadas”. Na virada dos anos 1960/70, Campinas ... Leia Mais »

Ciclo de Cinema Campineiro no MIS marcou 240 anos da cidade

MIS-Campinas, no Palácio dos Azulejos,  sede da Prefeitura Municipal em 1964  (Foto José Pedro Martins)

História, cidade, mobilização. O Ciclo do Cinema Campineiro marcou, no Museu da Imagem e do Som (MIS), no Palácio dos Azulejos, os 240 anos da cidade. E o Ciclo começou justamente na segunda-feira, 14 de julho, o aniversário de Campinas, a partir das 19 horas, com Clássicos do Cinema Campineiro: “João da Matta”, “Bandeirante no cinema”, “O pedreiro”, “O artista” e “Dez ... Leia Mais »

Na Copa no Brasil, Campinas reflete o poder cultural do futebol

Futebol, arte e cultura: relação tensa e intensa no Brasil (Foto José Pedro Martins)

  Por José Pedro Martins A Copa do Mundo de 2014 ratificou o poder cultural do futebol, que tem a capacidade de expor todo o brilho, o potencial, a criatividade do Brasil, assim como todas as suas mazelas, as suas injustiças e iniquidades. Se o chamado legado da Copa será muito menor do que o prometido inicialmente, se a palavra corrupção ... Leia Mais »

Começa no MIS, dia 3 de julho, o debate sobre SEDA Campinas 2014

MIS-Campinas, no Palácio dos Azulejos,  sede da Prefeitura Municipal em 1964  (Foto José Pedro Martins)

O Museu da Imagem e do Som (MIS), no Palácio dos Azulejos, centro da cidade, recebe nesta quinta-feira, 3 de julho, a partir das 19 horas, a I Reunião Aberta sobre a Semana do Audiovisual SEDA Campinas 2014.  Será o primeiro enc0ntro de uma série voltada para a produção e articulação de grupos, coletivos, iniciativas culturais, movimentos e debates através das ... Leia Mais »

Durante Copa de 1958, nascia o Grupo Vanguarda

MACC, um dos frutos do revolucionário Grupo Vanguarda (Foto José Pedro Martins)

Em junho de 1958, o Brasil acompanhava, em êxtase, a Copa do Mundo da FIFA, a primeira da série de cinco, aquela do lançamento do grande artista da bola, Pelé. No mesmo mês, bem longe do verão da Suécia, outros artistas lançavam, na revista do Centro de Ciências, Letras e Artes, em Campinas, o manifesto de apresentação do Grupo Vanguarda. O coletivo está na ... Leia Mais »

Exposição sobre Décio Pignatari ratifica importância do CCLA

CCLA2 005

No mês de junho o Centro de Ciências, Letras e Artes (CCLA) sediou exposição com síntese da trajetória de Décio Pignatari, um dos nomes mais importantes da cultura contemporânea no Brasil. Com essa exposição, que teve a curadoria de João Antônio Buher, o CCLA deu mais uma amostra de seu olhar atento, cuidadoso e inquieto para todas as linguagens artísticas, uma constante em ... Leia Mais »

Parque Cultural Campinas abre novos horizontes para artes

Estação Cultura, no complexo ferroviário: tradição e futuro (Foto José Pedro Martins)

Desde o dia 16 de junho de 2014, o Parque Cultural Campinas representa o novo território para as artes no centro da cidade. O Parque foi criado em função da decisão do Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas (Condepacc), de tombar 33 bens ligados ao complexo ferroviário, compreendido pelas sedes e outros prédios e anexos vinculados à Companhia ... Leia Mais »